Ibope: 82% acham que Brasil está no rumo errado e ficará pior em 2016

Desde o início da era petista, em 2003, nunca tantos brasileiros avaliaram que o Brasil está indo na contramão quanto agora. Recordes 82% acham que o País está no rumo errado, segundo pesquisa inédita do Ibope, exclusiva para a coluna. Só 14% acham que o Brasil vai na direção certa; 4% não sabem dizer. É como se o País seguisse pelo acostamento da mão oposta.

A reportagem é do jornal O Estado de S. Paulo. Leia mais resumo:
               
A contrariedade com o rumo nacional é maior entre os jovens (88%), nas grandes cidades (87%), no Sudeste (87%) e entre quem ganha mais (88%). Mas também é alta em redutos governistas: 77% no Nordeste e entre os mais pobres. Pior: pela primeira vez, as opiniões dos brasileiros sobre os rumos do País coincidem com o que eles leem e ouvem falar. A percepção pessoal costuma ser bem mais otimista do que a coletiva. Não mais: 82% versus 85%.
             
No Brasil, a incapacidade de a oposição ganhar uma eleição que lhe era francamente favorável bloqueou a mudança de rumo pelas urnas, levando a um impasse que paralisou o País política e economicamente ao longo de 2015. E, pelo que indica esta pesquisa Ibope, o “standoff” deve se estender em 2016.  Em relação à política, apenas uma minoria dos brasileiros – 28% – acredita que o novo ano será melhor. Como 2015 foi de impasse, os 31% que apostam que 2016 será igual somam-se aos 38% que acham que o ano será ainda pior. Ou seja, dois em cada três não demonstram esperança de saída para a crise política. Como consequência, 46% acham que a economia do País vai piorar, e 26%, que ficará igual – ou seja, na pior recessão desde 2002.

6 comentários:

Alberto disse...

No Programa 'Esfera do PT' o Juremir e sua colega mostraram na entrevista com BOLSONARO que são Jornalistas totalmente sem credibilidade por serem alinhados com Maria do Rosário, PT, PCdoB sendo o tempo todo mal educado com o Deputado e irritando os ouvintes. Lamentável a Rádio Guaíba permitir um 'mala' destes em sua equipe.

Alberto disse...

E o 'Juremala', para provocar o BOLSONARO e quem gosta dele, colocou no intervalo do Programa música do Chico Buarque = Ridículo!

Ariel Peres disse...

Senhor Políbio; se essas estatísticas estão corretas gostaria de perguntar onde estavam tantos ex amigos , ex parentes queridos e que não enxergaram o óbvio: O OVO DA SERPENTE.
ARIEL

Anônimo disse...

O comercio tambem eh um excelente termometro da economia. Hoje, fiz uma caminhada em Porto Alegre, nas ruas Florencio Ygartua , 24 de Outubro e Mostardeiro, area de grandes galerias comerciais. O numero de lojas fechadas e de imoveis para aluguel eh enorme , as lojas em funcionamento, bem como saloes de beleza estavam vazios. Muito triste . Mas eh o retrato da economia em recessao do governo Gilma , pois o Pais todo estah parado , a espera de um verdadeiro governo!!!

Anônimo disse...

Se do ponto de vista da economia falta alguma perspectiva, do ponto de vista político a situação também não é das melhores. Não existe nenhuma liderança política e nenhum dos partidos ditos de oposição se destaca.
Qual a proposta alternativa?
É por isso que sentimos um pouco de inveja quando vemos a disputa eleitoral nos EUA. Tanto o Partido Democrata quanto o Republicano estão envolvidos em um verdadeiro debate sobre a crise que se instalou nos EUA. OS dois partidos tem credibilidade e possuem propostas sérias, viáveis e lideranças, que podem mesmo tirar os EUA do atoleiro.
Já por aqui, se discute se existe uma legitimidade jurídica para o impeachment ou não; se o líder do Congresso vai ou não devolver os milhões de dólares que estão na Suíça; se o ex-presidente vai ou ão depor na PF, e assim por diante...
Que tristeza...

Anônimo disse...

Que bom que temos um ótimo candidato para valer mesmo em 2018 já tem meu voto a esquerda csviar pira o mito Bolsonaro vem ai