Caxias pede socorro ao governo para minimizar crise do setor produtivo

O presidente da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul, Nelson Sbabo, se reuniu hoje com o secretário estadual do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Fábio Branco, agenda marcada por solicitação do governador José Ivo Sartori.

O motivo da reunião foi identificar as principais dificuldades enfrentadas pelo setor produtivo de Caxias do Sul e região diante da crise econômica e, a partir de temas prioritários, buscar meios para minimizar os seus impactos.

Os gargalos logísticos e de infraestrutura foram apontados por Sbabo como fatores inibidores do desenvolvimento. Os dirigentes da CIC ressaltaram a importância da conservação das rodovias, a construção do aeroporto de Vila Oliva, o transporte de mercadorias por hidrovias e até mesmo a retomada do modal ferroviário de passageiros e de cargas.

3 comentários:

Anônimo disse...

Pra ti ver, eles queriam porque queriam mais escravos vindos do Haiti e Africa. Pensei que of novo ciclo escravagista e trafico humano foce dar a eles mais lucro, aparentemente, nem tanto. Que surpresa, nao esta dando certo na Europa,USA e agora serra gaucha? Wow, o que farao agora? Deveriam pegar Estes "empresarios" e "hang them high" por querer tornar a serra num complex do alemao. Esta e' a verdadeira razao prq trazem esse povo para of RS.

Anônimo disse...

O Brasil será a Venezuela logo ali adiante, só espero que pelo menos as indústrias de papel higiênico continue produzindo a pleno!

Anônimo disse...

Interessante. Passaram anos reclamando do pedágio até conseguirem fecha - los. Agora reclamam da estrada. Passaram anos babando ovo do diretor senil da Marcopólo todas as 2as feiras na reunião almoço, discursando sobre o sucesso do planejamento dos governos Lula e Dilma. Repelem toda e qualquer inovação de quem vem de fora da região (muitos consultores se recusam a pisar em Caxias com receio de terem suas idéias roubadas). Agora. Que se virem!!!