São Paulo vai ter protesto contra tarifa da luz nesta terça

Praticamente há um protesto por dia em São Paulo. Ou pelo preço das passagens, ou pela tarifa da luz, ou... São organizados pelo Movimento Passe-Livre. A este grupo se juntam os black blocs e toda a sorte de baderneiros e, por que não de bandidos. Mesmo anunciando antecipadamente, mesmo com a presença da polícia militar, mesmo com  o pedido de informar antes o trajeto, os protestos resultam em confusão, prejuízo para a população, quebra-quebra e troca de acusações entre manifestantes e policiais acerca de uma violência que é praticamente impossível de distinguir onde começa.

Mas uma questão é intrigante: o Rio Grande do Sul, um par de anos atrás iniciou toda essa movimentação, está inerte? Ou aqui não há crise, as passagens são baratas, o transporte é eficiente, nossa bandeira tarifária é verde, a CEEE não faz rodízio de iluminação, etc...?

Em tempo, nesta terça haverá protesto novamente na capital paulistana. E não, não há necessidade de imitarem São Paulo aqui em Porto Alegre.

4 comentários:

Anônimo disse...

Estes protestos podem ser providenciais. Demonstrando violência e depredação sem punição causa receio para manifestações pacíficas no futuro.

Anônimo disse...

Parabéns paulistas!!!!!

Enquanto os gaúchos nas praias.....cagões....

Anônimo disse...

Os gaúchos são cagões. O governador do PMDB aplicou o maior tarifaço da história e todos aceitaram quietinhos, quietinhos.
Se o governador imaginasse isso teria aumentado ainda mais

Anônimo disse...

Esses baderneiros a serviço do PT vão arrumar qualquer desculpa. A ordem é bagunçar. Daquí a pouco vão reclamar do preço do pãozinho, da carne, do aluguel, da falta de moradía... E a PM e polícia civil, nada. Todo mundo conhece os responsáveis mas a polícia é conivente. Deixar a população a mercê desses bandidos é crime!