Gávea vende controle da Camil para o americano Warburg Pincus

Controlador da empresa gaúcha Camil, maior produtora de arroz e veijão do país, o Fundo Gávea quer vender os 31,765% das ações que possui. O candidato mais forte é o fundo americano Warburg Pincus.

A Camil faturou R$ 4,2 bilhões no ano passado e lucrou R$ 111 milhões.

3 comentários:

Anônimo disse...

É POUCO,MUITO POUCO,MENOS QUE UM PIXULECO!

JOGOU 4 BILHÕES FATUROU 110 milhões,menos do que 3% AO ANO,riscos e tudo mais, é pouco.Melhor investir num deputado do PT,garanto que dá mais,veja o Maia, com uma maloquinha de 3 milhões...

Anônimo disse...

CAMIL DE ITAQUI-RS,uma Potência.

Anônimo disse...

Cada vez mais estamos vendo as empresas brasileiras nas mãos estrangeiras.Vai chegar o dia em que os lucros enviados ao exterior será maior que todo o dinheiro da exportação brasileira.