Peixoto vai trocar Marcos Rolim por novo assessor de comunicação no TCE

O novo presidente do Tribunal de Contas do Estado, Marco Peixoto, vai mudar o seu principal assessor de comunicação, que cumpre a função desde1o de janeiro de 2010, sempre exercendo cargo em comissão na qualidade de assessor superior da presidência.

Trata-se do ex-deputado do PT e jornalista Marcos Rolim, que este ano está empenhado na eleição da ex-deputada Luciana Genro, PSOL, para a prefeitura de Porto Alegre.

A CC ocupada por Marcos Rolim é uma das funções mais cobiçadas pelos jornalistas gaúchos porque ele percebe salário bruto mensal de R$ 26,6 mil, enquanto que o salário médio da categoria no RS é de apenas R$ 2,4 mil. Em jornais diários como Correio do Povo e Jornal do Comércio, nem mesmo o diretor de redação possui nível salarial parecido.

O presidente Marco Peixoto tinha se comprometido a fazer a mudança quando assumiu, mas postergou a decisão para mais adiante. Seu mandato na presidência é de dois anos.

11 comentários:

Anônimo disse...

Vai ser do PT?

Anônimo disse...

Então o caso não é de troca! O que ele vai fazer é dar a descarga...

Anônimo disse...

Que vergonha de salário (vencimento) para um Estado quebrado! Quando terão coragem de mexer neste vespeiro!

Anônimo disse...

O Marcos Rolim foi "desmamado" ??!!!

Como será que vai sobreviver ? Vai ter que trabalhar ?? Quiá Quiá !

Anônimo disse...

Depois não sabem por que o Estado tá quebrado...

Anônimo disse...

Que maravilha hein Políbio? Esses socialistas Bolivarianos adoram uma boca bem boa, principalmente se for com o $do pagador de impostos, não é mesmo?

Nesse meio tempo em que escreve artigos e vai as rádios e TVs defender bandido, o Sr. Marcos Rolim já embolsou quase 2 milhões e duzentos mil reais.

Anônimo disse...

OLHA O SALÁRIO DO CARA, MEU!
UMA INDECÊNCIA. NÃO TEM COMO DAR CERTO UM ESTADO ASSIM.

Anônimo disse...

Políbio,

R$ 26 mil??

Por estas e por outras que o RS esta falido.

JulioK

Anônimo disse...

Belo salário, para um cara que gosta de pobre. É como o PT, Psol...
Gostam tanto de pobre, que os criam continuamente.

Pagamos 27,5% de IRFonte, e quando vamos abastecer o carro, pagamos mais 55% de impostos sobre a gasolina.
ganhou 100,00 ficou com 72,5
Colocou 72,5 de gasolina, levou 32,62 de gasolina e pagou 39,62 de imposto.
39,62+27,50=67,38 de impostos e 32,62 de gasolina.
Ou seja, 1/3 de gasolina e 2/3 para o governo.

Bem, mas recebemos ruas esburacadas, hospitais com gente nos corredores, educação faz de conta, segurança fraca e muitos políticos ricos.

Anônimo disse...

o que será que tá pensando o pimenta,
deputado federal do pt e ex-amigo e
ex-chefe de gabinete do rolim? será
que tá comemorando?

Anônimo disse...


Esse Rolim é o mesmo aquele que gastava uma fortuna do dinheiro público com bobagens esdrúxulos sobre e exemplos dos direitos humanos da cabeça deles???


Só besteira!! R$ 26.000,00 POR MÊS???

Deve estar agora de editor do Washington Post..!