PEC que acaba com o Tribunal Militar é do PSOL e da RBS

A Proposta de Emenda Constitucional que extingue o Tribunal de Justiça Militar do Estado é do deputado Pedro Ruas, PSOL, e da RBS.



Ambos defendem a proposta com unhas e papel.



PSOL e RBS, unidos, jamais serão vencidos.

11 comentários:

Leite disse...

Prezado Políbio,

Penso que a proposta é defensável e deve ser encampada por todos os partidos com assento na Assembleia Legislativa do Estado. As funções do atual Tribunal Militar poderá ser absorvida por uma Câmara Especializada, para julgar os servidores da Brigada Militar e Corpo de Bombeiros, no Tribunal de Justiça do Estado.

Vulmar Leite

Anônimo disse...

a gauchada merece este Pedro Ruas,afinal os elegeram.

Anônimo disse...

Acontece que mesmo fechadas as portas do TJM, o salário dos juízes, servidores concursados, aposentados e pensionistas que são o maior custo, R$ 35,3 milhões para 2015, terá de continuar sendo pago, e os custos de manutenção do tribunal são de apenas R$ 2,3 milhões.
Cada dia fica mais evidente que uma das atribuições para a criação do PSOL pelo PT, seria que o partido auxiliar deveria bater nas polícias diariamente, e com o apoio da RBS aqui no sul! Aguardemos, em breve irão começar com a campanha de desmilitarização da BM.
A Polícia Militar deveria começar a ver os integrantes do PSOL e a patota da RBS de outra maneira, quando for acionada por eles ou os mesmos pedirem proteção de alguma manifestação, por exemplo.

Anônimo disse...

Qual o interesse deles com isto?

jorge alves ribeiro disse...

Eu também acho que esse tribunal militar tem que ser extinto, mas eu me questiono, qual o interesse da RBS nisso?

Anônimo disse...

ASSIM VÃO ACABANDO COM TUDO QUE É MILITAR, AOS POUCOS, DEPOIS ELLES BOTAM O EXÉRCITO DELLES PRA DENTRO DO PAÍS. (PARTE JÁ ESTÁ AQUI).

RBS E OUTROS TÃO NESSA PRA SE LIVRAR DO ZELOTE.

COMEÇANDO ACHAR QUE PETRALHADA JÁ FEZ ISSO ANOS ATRÁS DE CABEÇA PENSADA.

Anônimo disse...

A pergunta que não quer calar.... qual é o interesse da RBS na extinção do TJM?

Lucaspsb disse...

@s da RBS(lembre-se: acima de todo mundo na sala de reuniões uma bandeira do PT) querem acabar sim com tud@ coisa que é militar mesmo, já que ELL@s inventaram esse coitadismo de "defendíamos a liberdade".( O erros ortográficos são esquedistamente propositais.)

Anônimo disse...

Tem que ser extinto e o cargo de cordenador de bancada na assembléia de partido de um único deputado.isso sim.fora luciana genro.nao merece nosso dinheiro

Cláudio MB de POA disse...

A CORRELAÇÃO "UNIÃO" RBS/PSOL É ABSOLUTAMENTE PERFEITA!
QUANTO MAIS AS INSTITUIÇÕES DE ESTADO, QUE DEFINEM E GARANTEM ESTE MESMO ESTADO COMO DEMOCRATICAMENTE ESTABELECIDO, SÃO ENFRAQUECIDAS OU EXTINTAS, MAIS O PODER ECONÔMICO E DE CONTROLE DA INFORMAÇÃO(RBS) E O PODER POLÍTICO RETRÓGRADO, DITATORIAL E OBSCURANTISTA(PSOL), SE FORTALECEM!
NO PRESENTE MOMENTO,SÃO EVIDENTES PARCEIROS DE OCASIÃO..
SE RETIRAMOS DA BM OS PILARES QUE SUSTENTAM A FORÇA DA HIERAQUIA E DA DISCIPLINA, ELA CAMINHARÁ PARA O ABISMO, COMO INSTITUIÇÃO.
NA JUSTIÇA COMUM, CORRUPTOS E ASSASSINOS SE LIVRAM PELA LENTIDÃO PROCESSUAL OU POR RECURSOS ABSURDOS, EM OUTRAS INSTITUIÇÕES E NA SOCIEDADE EM GERAL.. NA JM, O PROCESSO E O JULGAMENTO DE ATOS CONTRA A LEI E OS REGULAMENTOS DA BM, SÃO EXTREMAMENTE CÉLERES E GARANTIDORES DA ESTRUTURA DE GESTÃO, DE MANDO E DA PRÓPRIA LISURA E HONESTIDADE DOS COMPORTAMENTOS E PROCESSOS CORPORATIVOS.
O QUE PENSAM SER UM AVANÇO, SERÁ UM FORTE RETROCESSO!

Anônimo disse...

um dos unicos tribunais que é serio e
relmente faz cunprir a justiça não deve
acabar. isto é golpe da turma da esquerda
crescendo para nosso infortunio.