Dois mil grevistas mantém paralisação na fábrica da Volvo no PR

Em assembleia realizada na manhã desta quarta-feira, cerca de 2.500 trabalhadores do chão de fábrica da Volvo decidiram manter a greve até a próxima segunda-feira (25), quando está marcada uma nova assembleia com votação para decidir se os funcionários retornam ou não ao trabalho.


O Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba aguardava desde o início da terça-feira (19) um posicionamento da empresa sobre o pedido dos trabalhadores de uma antecipação de R$ 9,5 mil do PLR – e não de R$ 5 mil como propôs Volvo –, mas a companhia não se pronunciou, informou o sindicato.

Nenhum comentário: