Biolchi e Feltes reassumem na Câmara para apresentar emendas parlamentares que beneficiam o RS

Os secretários gaúchos da Fazenda e da Casa Civil, Giovani Feltes e Márcio Biolchi, reassumirão hoje seus mandatos de deputados federais.

Será por poucos dias.

Sairão os suplentes José Fogaça e Mauro Pereira.


Acontece que os novos senadores e deputados federais, eleitos no ano passado, poderão apresentar, cada um, até R$ 10 milhões em emendas à proposta de Orçamento de 2015, que ainda vai ser votada pelo Plenário do Congresso. Os líderes de bancadas terão até o dia 23, hoje, para enviar as emendas dos parlamentares. A expectativa do relator é de votar o Orçamento de 2015 na semana seguinte.

Suplentes não podem apresentar emendas parlamentares e o RS perderia os valores disponibilizados para Feltes e Biolchi.

Cada novo parlamentar do Congresso tem a condição de apresentar R$ 10 milhões de emendas, sendo R$ 5 milhões para a área de saúde e R$ 5 milhões para outras questões. Apresentarei essas emendas como emenda de relator. No decorrer desta semana, o relatório pronto para que possa ser votado no Congresso a qualquer momento.

A possibilidade de os novos congressistas apresentarem emendas orçamentárias foi decidida pelos presidentes da Câmara, Eduardo Cunha, e do Senado, Renan Calheiros. Na reunião, todos concordaram que seria importante dar aos novos parlamentares a chance de destinar recursos a ações e investimentos em seus estados já no início do mandato.


Com a decisão, 223 deputados federais e 22 senadores poderão apresentar emendas, já que os demais parlamentares foram reeleitos e puderam incluir suas emendas no exame da proposta orçamentária pela Comissão Mista de Orçamento (CMO) em 2014.

2 comentários:

Anônimo disse...

Quando deveriam estar cuidando dos assuntos e das contas do RS "falido", estão fazendo turismo em Brasília. O Brasil está vivendo uma regime de gabinete. Deputados depois de eleitos assumem cargos no executivo, mas não fazem nenhuma coisa e nem outra. Estão de olho no peixe e olho no gato. Além disso, nenhum deles entende alguma coisa das Secretarias que forma indicados. São práticos licenciados....eita Brasil...

o vingador disse...

Deputados os secretários ioiô.