Duda Mendonça só terá bens de volta após o julgamento dos embargos pelo STF

Ao lado, com seu então chefão, o também chefão do Mensalão, Lula.

O publicitário Duda Mendonça já viu passar oito meses desde sua absolvição no julgamento do Mensalão, e continua com seus bens bloqueados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Nota de Vera Magalhães na coluna Painel, da Folha de São Paulo, nesta quarta-feira, diz que "o gabinete de Joaquim Barbosa (presidente do STF) respondeu que isso só será decidido após os embargos".

. Duda Mendonça foi acusado de manter dinheiro sujo do PT em Paraísos Fiscais, mas foi absolvido da acusação. 

Um comentário:

Anônimo disse...

Como pode, o dinheiro recebido foi considerado sujo e mesmo assim não aconteceu nada para o Duda Mendonça, isto mostra que quem tem algum vinculo com o PT tem tratamento diferenciado. A lei é para os outros.
Isto só vai mudar quando os brasileiros tirarem a corja petista do poder.