Concessões gaúchas de rodovias caminham a passos de tartaruga

A ANTT decidiu ajudar o governo gaúcho a modelar o projeto de concessões de estradas estaduais, o que resultará na elaboração dos primeiros editais de privatização, previstos para o início de 2017.

O governo tem sido muito pouco transparente em relação ao assunto.

É difícil acreditar que algo saia até o final da adminsitração Sartori, já que se passaram dois anos e nada foi adiante.

2 comentários:

Anônimo disse...

igual a extinção da desapropiada FDRH, que consome recursos demasiadamente dos cofres do Estado e não apresenta nada de retorno, só despesas com gordos salários, ociosos, aposentados na ativa, atestado médicos contestáveis, farra total.

Anônimo disse...

Muita coisa avançou no governo Sartori. É só olhar para o número de latrocínios, roubos e assassinatos. O pessoal do segmento da criminalidade não tem do que reclamar.

Joe Montana