Marcelo Aiquel - Os rotos falando dos esfarrapados

Eu realmente tenho me impressionado muito (negativamente, é óbvio) com a avalanche de pessoas que começaram – sim, começaram, de uma hora para outra – a vestirem o “manto” da decência e se tornaram – também de uma hora para outra – as vestais da seriedade.
        
Gente que votou no Temer (ele que era o vice na chapa da ANTA, e foi escolhido por estes agora críticos ferrenhos do governo), gente que deu seu aval ao PMDB corrupto – ou ele não era assim, antes? – e hoje brada pela sua renúncia geral.
        
Com que moral?
        
Ah, com a mesma falsa moral do senhor Procurador Geral da República?
        
Ele, que há poucos meses atrás, “fez vistas grossas” a outra gravação envolvendo a então presidente 

Dilma. Por que esta “seletividade” de moral?

CLIQUE AQUI para ler tudo.