Cai taxa de desemprego na Grande Porto Alegre, constatam FEEE, FGTS e Dieese

 O índice de desemprego recuou de 11,3% em abril para 11,1% em maio na região metropolitana de Porto Alegre. No mês passado, cinco mil pessoas a mais passaram a buscar emprego, enquanto oito mil vagas foram criadas.

Os números são resultado da pesquisa divulgada nesta quarta-feira pela Fundação de Economia e Estatística (FEE), pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) e pelo Dieese.

Existe 1,81 milhão de pessoas buscando emprego na Região Metropolitana. GE

Ao todo, havia 1,601 milhão de empregados na Grande Porto Alegre em maio:

Indústria de transformação: 242 mil empregados
Construção: 122 mil empregados
Automotores e motocicletas: 337 mil empregados
Serviços: 876 mil empregados.