Temer fez troca-troca com Força Sindical e UGT

O presidente Michel Temer acertou o seguinte com a Força Sindical e a UGT, tudo em troca de desembarcarem da greve geral da CUT, prevista para esta sexta, e para fazerem corpo mole no Congresso:

- O imposto sindical cairá na reforma trabalhista, em votação prevista para esta tarde na CCJ do Senado, mas voltará na forma de MP.

Força Sindical e UGT não sobreviverão sem o imposto sindical.