Fachin decidiu mandar diretamente para a Câmara a denúnncia contra Temer

O ministro Edson Fachin, relator relator da denúncia de corrupção passiva contra Michel Temer no Supremo Tribunal Federal,  decidiu nesta quarta-feira, enviar diretamente para a Câmara dos Deputados a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sem estabelecer o prazo para a defesa prévia de Temer no STF. Para Fachin, a defesa política do peemedebista tem que ser feita na Câmara, e a jurídica apenas depois no STF

O envio será feito pela presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia.