Relatório do Cenipa sobre acidente que matou Eduardo Campos é contestado pela família dos pilotos

A defesa dos familiares do piloto e do co-piloto do avião que caiu em Santos, em 2014, matando o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos e outras seis pessoas, disse no final da noite de ontem que seus clientes ficaram "inconformados" com o relatório apresentado à tarde pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) da Força Aérea Brasileira (FAB).

O advogado Josmeyr Oliveira reclamou que o documento deposita toda a culpa pela tragédia sobre os pilotos e não avança a respeito de possíveis falhas da própria aeronave. Disse ele que “Um ponto diferencial do relatório seria realizar um simulador de voo nas mesmas condições daquele dia, pegando a perspectiva das aeronaves. A resposta que o Cenipa nos deu é que tentaram simular, mas a empresa contratada pelo fabricante não permitiu em razão da investigação em curso da Polícia Federal".

Oliveira informou que está elaborando um "contrarrelatório" para contestar pontos do relatório do Cenipa. Segundo ele, a perícia particular ainda não está pronta porque a defesa dos pilotos ainda não teve acesso a parte das informações do voo, mantida sob sigilo durante as investigações da FAB.

4 comentários:

Anônimo disse...

Pergunta; porque não foram para Guarulhos ou para Congonhas? Foi dito que o candidato tinha uma reunião inadiável em Santos. então foi exigido aos pilotos pousarem em Santos. Os pilotos estavam estressados devido a uma série de voos. Sob pressão então tentaram um pouso num aeroporto que não conheciam. Pelo manual do Cessna a a manobra que foi realizada tem uma série de recomendações, é só ler o manual. Estas perguntas devem ser respondidas.

Eng. Joel Robinson

Anônimo disse...

Está sendo feita alguma investigação séria ou estão forjando alguma versão no estilo daquelas fabricadas na Casa Civil há uns tempos atrás, quando ainda não havia a operação lava jato? Ninguém é mais honesto que Lula e, da mesma forma, o pessoal da Casa Civil

Anônimo disse...

A família tem toda razão. O piloto era super experiente e o avião o mais seguro do mundo. Caiu sem caixa preta.... Marina Silva era aliada dele....imaginem só....

Anônimo disse...

Com os instrumentos que tem um avião destes, somente um analfabeto aeronáutico ou um petista ideologicamente idiotizado conseguiriam fazer embicar desta forma um avião contra o solo.