Bolsas européias em queda, refletem susto com desaceleração dos emergentes e petróleo

Londres, via WhatsApp

As Bolsas da Europa estão todas em baixa, com os investidores na retranca, procurando entender o novo patamar do preço do petróleo e a queda das economias emergentes, entre as quais o Brasil é o grande destaque como o maior crash de todos. O Brasil, além disto, enfrenta pavorosa crise política e inéditas investigações anti-corrupção, o que ajuda a paralisar a combalida economia. Os números projetados para o PIB do Brasil pelo FMI para este ano (menos 3,5%) e ano que vem, são verdadeiramente alarmantes.

Mais do que nunca, o Fórum Econômico Mundial, Davos, será importante para entendermos as expectativas dos investidores. Eles mostram muito receio neste início de ano, tudo em função do cenário recessivo das economias emergentes, sobretudo com a desaceleração da economia chinesa.

Um comentário:

Geraldo disse...

Nobre Editor, neste ano, muitos "castelos" ruirão...