Quatro consórcios e uma empresa apresentaram propostas para concessão de ônibus em Porto Alegre

Quatro empresaas ou consórcios de Porto Alegre i apresentaram propostas para explorar o sistema de ônibus de Porto Alegre, na tarde desta segunda-feira, na sede da Empresa Pública de Transporte e Circulação. Apenas uma delas, a empresa, a Stadtbus, com sede em Santa Cruz do Sul, apresentou proposta sozinha. Os outros quatro são consórcios formados por pelo menos duas empresas, e todas elas já operam os ônibus de Porto Alegre atualmente, apenas com nomes diferentes.  São eles: consórcio Vialeste, que tem como líder a empresa VAP, que faz parte do atual consórcio Unibus; consórcio Mobi, da Sociedade de Ônibus Porto-alegrense; Trevo, parte do Consórcio Sul e o consórcio liderado pela Sudeste, que atualmente faz parte do consórcio Unibus.

Esta é a terceira tentativa da prefeitura de licitar o transporte — nas duas aberturas de licitação anteriores não havia interessados.

2 comentários:

Anônimo disse...

A licitação é com ar ou sem ar-condicionado? Se não for eu sugiro que a licitação seja anulada e seja colocado no edital que a empresa deva disponibilizar gratuitamente abanadores manuais para os usuários no verão!

Anônimo disse...

Licitação que vai aumentar o valor das passagens em breve (2016). Ar condicionado em todos carros somente em 10 anos. Uma licitação para oficializar um sistema caro que não funciona. Ainda será permitido quantidade ilimitada de passageiros em pé? Parece que a área de ocupação passa de 6 para 4 pessoas sentada, o que acredito quer poderá aumentar a capacidade da boiada que vai em pé na hora do pico.