Sartori e Dilma não estão de bem com os eleitores do RS, mas Dilma está muito pior

Embora o editor ainda não conte com números de qualquer pesquisa a respeito dos 100 dias de Sartori e de Dilma no RS, alguns sinais de que as coisas não andam bem para os dois governantes são resultados de entrevistas pontuais e de enquetes.

É o caso verificado pela diretora do Instituto Amostra, Margrit Sauer, com quem o editor conversou esta manhã.

Ela possui pesquisas feitas junto a eleitores de cidades diferentes do RS e o que há de comum entre elas é o seguinte resultado para os dois governantes:

Sartori - Regular
Dilma - Ruim e péssimo



5 comentários:

Anônimo disse...

A tática do PT é a mesma da Alemanha nazista na invasão polonesa: terra arrasada e salgar os campos. O objetivo é que a recuperação demore o tempo suficiente para que o povo esqueça seus desmandos e consigam se eleger novamente. Como é que pode o Tarso receber o estado com praticamente 3 anos de déficits zero e entregar nesta situação? O governo federal e o Tarso boicotaram tanto o governo da Yeda que parecia que o mundo ia acabar, mas não acabou, e agora é isso aí!

Anônimo disse...

No ccaso de Sartori é comprensível e fácil de esplicar: recebeu herança maldita do Tarso, que deixou o estado quebrado.
No caso de Dilma é mais fácil ainda: é a continuação de um governo incompetente que não deu e não dará certo.

Anônimo disse...

O GOVERNADOR SARTORI ESTÁ FAZENDO UM BOM GOVERNO....OS NERVOSINHOS DE PLANTÃO QUERIAM O QUÊ?

NA PRÓXIMA ELEIÇÃO ELEJAM O DAVID DE COOPERFILD PARA GOVORNADOR OU TRAGAM DE VOLTA O TARSO.

Anônimo disse...

Sartori herdou a merda do Tarso, Dilma só faz merda!

Anônimo disse...

Senhores, o Governo Sartori, salvo melhor juízo, tem cometido alguns erros fundamentais e quais são: Manutenção da Petezada nos cargos até agora, ou seja, está dormindo com o inimigo. Segundo, preocupou-se tanto com a sustentação politica que esqueceu a administrativa na medida em que não extingue elefantes brancos. Terceira, em razão da sustentação politica não nomeou técnicos com vasto conhecimento, mas somente políticos e alguns com ficha suja, ou seja, já condenados em primeiro e segundo grau, por improbidade administrativa. Além do que a falta de dinheiro e a herança maldita não são desculpas para cortar o que tem que ser cortado. Que saudades da Ieda, está sim teve competência.