PF pede quebra de sigilos fiscal e bancário de Renan e Collor

Agentes da Polícia Federal que atuam na Operação Lava-Jato enviaram ao Supremo Tribunal Federal (STF) pedidos de quebra dos sigilos bancário e fiscal do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL); do senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) e do deputado Aníbal Gomes (PMDB-CE).


A PF também quer os dados financeiros do ex-deputado João Pizzolatti (PP). Os quatro são investigados pela suposta participação no esquema de corrupção instalado na Petrobras. As informações são do site do jornal O Estado de S.Paulo. Ainda ontem, o dono da UTC, Ricardo Pessoa, esteve em Brasília e fechou um acordo de delação premiada na Procuradoria-Geral da República (PGR).

Nenhum comentário: