Governo Dilma deve cortar R$ 30 bilhões em investimentos para 2015

Nos quatro primeiros meses do ano, o governo até conseguiu segurar um pouco os gastos com pessoal, mas o grosso da economia veio de um severo corte de investimentos. Foram suspensos R$ 10,4 bilhões em repasses para órgãos públicos e ministérios - gerando uma retração de 34,6% em relação ao que foi investido no mesmo período do ano passado.
Segundo o portal Diário do Poder, o governo fez um pequeno corte de 1,7% nas despesas com pessoal e com encargos sociais. Reduziu o montante gasto de R$ 80,4 bilhões no ano passado para R$ 79 bilhões. No entanto, os cortes mais profundos foram feitos em órgãos públicos e nos ministérios.
“O padrão do ajuste fiscal que vai se delineando neste ano será baseado no controle da despesa com pessoal e com forte corte do investimento”, disse o economista Mansueto Almeida, que elaborou o levantamento sobre o corte de despesas do governo neste começo de ano.
Na avaliação de Almeida, cerca de R$ 20 bilhões ainda podem ser cortados até o fim ano, o que geraria uma retração de R$ 30 bilhões nos investimentos.

5 comentários:

Anônimo disse...

Perfeito.
temos que pagar os juros ao Bradesco, Itaú, etc...
da rolagem da divida interna do Governo.
O Funcionário do Bradesco ( Levy Joaquim ) tá trabalhando exemplarmente.

Anônimo disse...

30 BILHÕES É O VALOR "OFICIAL" DOS GASTOS COM A COPA.

Anônimo disse...

o preço da corrupção

Anônimo disse...

Como vai ficar o PAC,País Atolado em Corrupção?

Anônimo disse...

Essa foi a ordem do Eduardo Costa, tudo normal! Aqui também pregam estado enxuto em bancadas, igrejas, etc... desde que não mexam com seu cargo...