Assembleia gaúcha pode votar automaticidade de aumentos salariais para Legislativo, TCE, Defensores, Judiciário e MPE


Os deputados estaduais gaúchos da atual legislatura querem aprovar a automaticidade do reajuste de juízes, promotores, defensores públicos e conselheiros do Tribunal de Contas do Estado, de forma proporcional ao aumento salarial de ministros do Supremo Tribunal Federal. 

O presidente da Assembleia, Marlon Santos, já avisou que é favorável ao projeto, que poderá ser votado na semana que vem. 

O aumento aprovado pelo Senado para o STF é de 16,38%.

10 comentários:

Anônimo disse...

BANDIDOS CALHORDAS!
JOEL

Anônimo disse...


ORDEM E PROGRESSO.....KKKKKK

.BRASILEIROS DA INICIATIVA PRIVADA DE JOELHOS PARA MAQUINA PUBLICA OS BARNABÉS...

CRISE SÓ EXISTE PARA QUEM VIVE NA INICIATIVA PRIVADA....

PODE??? AQUI NO BANANÃO PODE TUDO!!!

Anônimo disse...

Isso é um absurdo. Sou favorável que o servidor público tenha reajuste da inflação do ano anterior, mas se é para vincular salários aos de ministros do STF, então deveria vincular TODOS os salários dos servidores (o que causaria a falência total do estado). Chega a ser ridículo como certas categorias se acham membros da nobreza, acima do resto da população. E se um juiz ou promotor se acha no direito de ficar milionário, por que não também médicos, engenheiros e professores, categorias muito mais estudadas e úteis para a sociedade?

Anônimo disse...

O projeto não foi sancionado ainda. Deverá voltar para Câmara, se aprovadas as alterações feitas no Senado, deve seguir para a avaliacao do presidente da república. Quem deverá avaliar, pelo tempo esperado, será Bolsonaro que, se tiver alguma credibilidade, deverá vetar e trabalhar junto ao congresso para que seu veto não seja derrubado.

Anônimo disse...

O RS não está quebrado para os políticos, somente para os trabalhadores que com seus pesados impostos os mantém lá.

Anônimo disse...

Bandidos, o país mergulhado no abismo financeiro, sem investimentos, Secretaria da Educação com os telefone cortados por falta de pagamento, fornecedores com faturas em atraso, funcionalismo do executivo com salarios atrasados e sem reajuste, estão pensando que são os únicos funcionarios publicos, sem segurança , educação e saude ninguem vive.

Anônimo disse...

Esta na hora de tirarmos o nosso da reta...

Nao temos mais condicoes de manter a REALEZA DO SERVICO PUBLICO...

Ninguem paga ninguem e vamos ver como é que fica...

Pior nao vai ficar.

Anônimo disse...

Se fizerem isso, sem comentários. Já que nada parece sensibilizar esses parasitas, eles devem ser identificados nas ruas e surrados. Quem sabe assim comecem a nos respeitar. É um jogo de cumpadres, um tem o rabo preso, o outro julga e por aí vai, um agradando ao outro e os otários aqui, pagando e sustentando essa corja 'aristocrática'.

Anônimo disse...

Por razões semelhantes,a Bastilha desabou.
Mas pelo visto,nunca esteve tão em pé.
Vassalagem!!!!!!
Revoltai-vos!!!!!

Anônimo disse...

Baixou o pau no 17 (está na web) e agora de pirex na mano ???? Faça-me o favor.... óleo de peroba nessa cara reformada muitas vezes... rarara... não.... KKKKKKKKKKK !!!!