Índice de produção da indústria em outubro mantém ritmo de queda

A indústria brasileira continua tendo dificuldades para retomar sua atividade e, em outubro, seguiu o mesmo ritmo de queda registrado em setembro. Segundo a Sondagem Industrial divulgada nesta segunda-feira,  pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o índice de evolução da produção ficou em 45,8 pontos no mês passado, mesmo índice observado no mês anterior. Pela metodologia da pesquisa, números abaixo de 50 indicam retração da atividade.

Segundo a CNI, a produção industrial costuma crescer nos meses de outubro, mas neste ano a tendência não se confirmou. "A produção industrial, que costuma crescer em outubro, manteve o mesmo ritmo de queda do mês anterior e segue muito baixa, provocando elevada ociosidade no setor", diz a pesquisa.

O indicador da evolução do número de empregados também recuou em outubro, ficando em 45,8 pontos, assim como a utilização média da capacidade instalada (UCI), que vinha estável em 66% nos meses de agosto e setembro, mas caiu 1,0 ponto porcentual, para 65%, em outubro. Esse índice se torna ainda pior quando comparado com os anos de 2011 e 2013, cuja queda representa 10 pontos porcentuais.

Nenhum comentário: