Senador tucano prevê queda de Dilma no Dia da Revolução Francesa, 14 de julho

A montagem ao lado é do site www.brasil247.com.br


Com mandato ameaçado no Tribunal de Contas da União e no próprio Congresso, a presidente Dilma Roussef poderá ter seu mandato virtualmente cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral no no dia 14 de julho, data do depoimento de Ricardo Pessoa no TSE e também da Revolução Francesa;.

A opinião é do senador tucano Cássio Cunha Lima, que falou para o colunista Josias Souza:

- O que o PSDB defende são novas eleições.

O próprio ex-presidente Lula poderá disputar. 

O senador tem pressa porque a saída tem que ocorrer em tempo, já que Temer também seria cassado junto com Dilma. Feito isto, Eduardo Cunha será presidente durante três meses, presidindo a nova disputa. 

14 comentários:

Anônimo disse...

Assim Jose Serra concorreria pelo PMDB dividindo os votos com Aecio e favorecendo a Lula.

Anônimo disse...

Eu acho que ela renuncia no mesmo dia em que Vargas o fez... para querer ficar na história!!!
Idiota. Tem uma diferença astronômica...

Anônimo disse...

Todas as crises do Brasil, foram sanadas quando houve uma mudança de governo. Acredito piamente que esta crise será sanada com a mudança deste governo, isto porquê estes que estão no poder não passa credibilidade, confiança, esta quase provado que o partido da presidente mergulhou na corrupção.

Anônimo disse...

Novas eleições é a melhor saída para crise, mesmo porque nas eleições próxima passada a candidata que foi eleita, mentiu o tempo todo nos debates. Disse que não havia inflação e que o Brasil estava sob controle, pura mentira e isto é estelionato eleitoral, isto fora a corrupção que assola sua campanha.

joão ricardo disse...

Mas bha tche o roto falando mal do esfarrapado quem conhece o cassio cunha lima sabe que ele foi cassado duas vezes por falcatruas eleitorais e so esta no senado porque seus processos dormem em gavetas do TSE E STF até quando teremos de conviver com estes politicos salafrarios que não enxergam o umbigo.

Anônimo disse...

Sou São Tomé: acredito vendo! Mas uma coisa é verdade como disse o anônimo das 12:03.
Um nova eleição seria a melhor saída.

Anônimo disse...

Nao é mandato e sim mandado judicial

Anônimo disse...


Escuta ilegal pode gerar nulidade na Lava Jato:

Agente da Polícia Federal Dalmey Fernando Werlang revelou na sessão da CPI da Petrobras que implantou escutas clandestinas na Superintendência da PF em Curitiba, na cela do doleiro Alberto Youssef, a mando de três superiores: o superintendente da PF no Paraná, Rosalvo Franco, e os delegados Igor Romário de Paula e Márcio Anselmo; ilegalidade pode anular processo, como alerta o jornalista Paulo Moreira Leite, diretor do 247 em Brasília: “Denuncia de agente da Polícia Federal de Curitiba atinge pedra fundamental das investigações da Lava Jato: depoimentos iniciais de doleiro e Paulo Roberto Costa podem ter sido obtidos com auxílio de escuta ilegal”; no Brasil, investigações Boi Barrica e Castelo de Areia já foram anuladas em tribunais superiores por ilegalidade de provas...

por Paulo Moreira Leite

Denuncia de agente da Polícia Federal de Curitiba atinge pedra fundamental das investigações da Lava Jato: depoimentos iniciais de doleiro e Paulo Roberto Costa podem ter sido obtidos com auxílio de escuta ilegal.....

X, por menos que isso o STF anulou a Operação Sathiagara da PF, cassou o mandato Dep Federal Protógenes do PCdoB e cassou a função pública do Delegado.

Anônimo disse...

Cunha Lima marca largada do golpe: 14 de julho:

Cassado por compra de votos quando foi governador da Paraíba, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), um dos principais interlocutores de Aécio Neves (PSDB-MG), já marcou a data para o início do processo de guilhotina da presidente Dilma Rousseff e do vice Michel Temer; segundo ele, será no dia 14 de julho, data do depoimento de Ricardo Pessoa no TSE e também da Revolução Francesa; “O que o PSDB defende são novas eleições”, disse Cunha Lima; “O próprio ex-presidente Lula poderá disputar. Ele vai poder se submeter à soberania do povo brasileiro. É isto o que nós queremos: novas eleições”; senador tem pressa porque o golpe é a única saída que interessa a Aécio, que não tem fôlego para chegar como candidato tucano a 2018, quando estaria em desvantagem em relação a Geraldo Alckmin e José Serra.

Anônimo disse...

Mandato ameaçado no TCU? Ora, não me façam rir. Com todo o respeito ao Tribunal, ele vai emitir um parecer, que será encaminhado ao Congresso para votação. Alguém sabe quando o Congresso julgou as últimas contas de um Presidente da República? Dica: ele não foi eleito pelo voto direto...
Don Sandeman

Anônimo disse...

Se alguém se atrever em fazer isto com a lava jato, o pais para. Isto sim seria considerado golpe, nao diga esta bobagem, amigo(a) das13:16.

Anônimo disse...

brasil247 é mantido pelo pt, estão jogando verde para colher maduro.

única queda de dillma em 14 de julho é tropeçando na mandioca.

querer fazer insinuações com esta data é querer vincular a queda della a algumas sociedades "discretas". Esse pessoal do 247 acham que são espertos.

Só acham ...

Anônimo disse...

20 DE JULHO É O DIA DO AMIGO, PODE SER ESTA DATA TAMBÉM.

Anônimo disse...

Os delegados que mandaram um peão implantar escutas é de que ParTido mesmo?
Os Delegados mandarão implantar escutas a mando de quem?
Um Delegado tem curso superior e se é Delegado tem muitos anos de tarimba. Alguém vai me dizer que eles foram ingênuos?hahahahahahaha