Governo Sartori avisa que não acabará com o Difa, o Imposto de Fronteira

O secretário da Fazenda, Giovani Feltes, avisou ao varejo gaúcho que não mexerá na Difa, o chamado Imposto da Fronteira, adicional de 5% cobrado sobre o ICMS incidente sobre produtos adquiridos fora do Estado.

O aviso foi passado esta semana.

O governo alega extrema penúria.

A Assembléia revogou a lei, mas Tarso não cumpriu e Sartori também se nega a cumprir.

Como muitos pequenos e médios lojistas não pagaram o Difa, a secretaria da Fazenda estuda minimizar o problema e facilitar o acerto.

2 comentários:

Anônimo disse...

Será que o Cairolli não ficará nem vermelho ?

Não adianta, são todos iguais, falam uma coisa e fazem outra ! Na Federasul batia no DIFA, virou Governo, segue o baile.
Fim da Picada!

Anônimo disse...

Movimento Chega de Mordida convoca reunião estadual na Assembléia para pressionar governo Sartori:

Postado por Polibio Braga on 2/09/2015 02:52:00

Será nesta quarta-feira na Assembléia a reunião estadual do Movimento Chega de Mordida. A Associação Gaúcha do Varejo articula a vinda das caravanas do interior.Vão todos falar mal do novo governo estadual.Os representantes do interior são quase todos de CDLs locais, que querem porque querem que o novo governo cumpra a promessa que fez de acabar com o chamado Imposto de Fronteira, a alíquota do ICMS de 17% que incide sobre produtos adquiridos em outros Estados. Na prática, só as pequenas empresas optantes pelo Simples pagam o adicional de 5%,...

Xi, e agora será que os blogueiros do Blog, mais o PSDB, PPS, DEMOs, vão pedir a renuncia do tiririca dos papas, como pedem da Presidente da República por não cumprir promessa de campanha? Como fica o PP nessa parada? E o Dep Frederico Antunes, do PP vai continuar apoiando o governo, baixou a crista?