Sartori começa a se mexer

Esta tarde, no Hotel Embaixador, o governo fechou contratos de gestão para implementar 100 ações que precisam ser cumpridas este ano pelos secretários estaduais.

O governo Sartori continua indeciso sobre as medidas de ajuste fiscal que quer encaminhar ao exame da Assembléia, mas o primeiro pacote envolverá enfrentamentos com o funcionalismo. Serão atingidas vantagens de servidores públicos, como licenças-prêmio, incorporação de função gratificada e critérios para aposentadoria.


Outros dois pacotes poderão conter até mesmo aumento de impostos, em elaboração pela Secretaria da Fazenda, e assuntos relacionados com a organização do governo,  a cargo da Secretaria-Geral de Governo.

5 comentários:

Anônimo disse...

se mexer mesmo será antes e depois do aumentos dos impostos.

Anônimo disse...

SIM, VIROU DE LADO NA CADEIRA.

Lucaspsb disse...

Mais espetaculoso é ver que tem gente que AINDA não abriu os olhos para o buraco que o RS está. Tarso Fernando fez uma destruição bem feita hein, demolidoras vão pegar ele para trabalhar na hora lá no RJ.

Anônimo disse...

Os servidores viraram a "Geni" (da música "joga pedra na...") dos Governadores do Estado... Todos que assumem o cargo devem jogar pedras nela. Tarso acertou na cabeça deles com o aumento da previdência no começo do mandado (13,25%).
Sartori mira as licenças-prêmio, as aposentadorias e outras regalias de quem não tem nem FGTS nem seguro desemprego... Em que parte do corpo de Geni o próximo vai acertar?

Anônimo disse...

Alguma pulga que adentrou onde não devia?