Reabertura do caso Eduardo Fosh pode interferir em decisões importantes do governo do Estado

Se as investigações sobre a morte do acadêmico gaúcho Eduardo Fosh, 2013, forem reabertas, decisões importantes no âmbito estadual poderão mudar de rumo.

3 comentários:

Anônimo disse...

POLÍCIA JÁ TEM UM SUSPEITO.

Anônimo disse...

http://otramerica.com/temas/por-murio-eduardo-foesch/3303


aqui parte da verdade que disfrutem

Anônimo disse...

Com a escolha do gringo hoje para pge agora não anda mesmo.