Tarso e RBS erram feio sobre o PIB, não se desculpam e vão adiante nos erros e avaliações

Na segunda-feira o editor rebateu com força a manchete de capa do jornal Zero Hora e também reportagem de página interna, nas quais o diário passou duas informações falsas:

1) O PIB de 2013, que seria anunciado pela FEE na quarta-feira, seria o maior dos últimos 18 anos no RS, o melhor dos últimos cinco governos, êxito que a RBS atribuiu ao governador Tarso Genro, que lhes passou o número do crescimento: entre 6,3% a 6,8%Foi o que ele disse na abertura da Expodireto.
. O editor demonstrou (leia tabela abaixo), que ainda que o PIB tivesse registrado 6,3%, ele não superaria duas marcas maiores registradas no governo Yeda Crusius. São números.
. O PIB cresceu 5,8% no ano passado, segundo a FEE. 

2) O PIB de 2013 salvou a economia do RS.
. Ora, o editor demonstrou que se isto fosse verdade, Yeda teria salvo o RS duas vezes. O que é preciso deixar bem claro é que governo algum salva a economia do RS num único ano do seu mandato e nem durante seu mandato inteiro. O que salvaria a economia gaúcha seria algo como a implementação das mudanças na matriz econômica e no setor público gaúcho, conforme propostas recorrentes da Agenda 2020, começando por optar por uma economia realmente de corte agropecuário moderníssima (infraestrutura perfeita no campo  e infraestrutura de  logística de primeiro mundo) ou por uma nova matriz produtiva, com ênfase pesada na indústria dinâmica e nos serviços de alta tecnologia.

. Os erros do jornal Zero Hora são comprometedores. No passado, a RBS demitiu jornalistas que cometeram erros ainda menores. Atualmente eles são premiados e prestigiados, porque o jornal perdeu seu compromisso com a verdade há muito tempo. 

. Sobre a diferença de R$ 3 bilhões na estimativa da evolução do PIB de 2013, Zero Hora tenta, hoje, atribuir tudo a confusões de assessores do governador Tarso Genro. Mais realista que o rei, a editora de Política do jornal, Rosane Oliveira, que não entende nada de economia, foi ainda mais longe na sua decisão adulatória:

- Ele falou em 6,8%, porque  se confundiu, já que 6,8% foi o crescimento da produção industrial.

. O que também é falso, porque a produção industrial cresceu 2,9% em 2013 - um número ridiculamente baixo.

. A seguir, em porcentagens, veja como foi o crescimento do PIB nos três últimos governos: 

RIGOTTO
- 2003: 1,6
- 2004: 3,3
- 2005: -2,8
- 2006: 4,7

YEDA
- 2007: 6,5
- 2008: 2,7
- 2009: -0,8
- 2010: 7,8

TARSO
- 2011 – 5,7
-2012 - -1,80
- 2013 – 5,8%

- 2014 – 1,95 (previsão)

9 comentários:

Anônimo disse...

A RBS E O TARSO VÃO PAGAR OS PRECATÓRIOS EM 2014, FACE AO "FABULOSO" PIBÃO ???????

Anônimo disse...

Só tem uma coisa que cresce nos governos petistas, a incompetência. Eles comem mortadela e arrotam perú.Ainda fazem propagandas com números ridículos, como os do 2,3% do crescimento do Pib brasileiro.

Alfredo disse...

Só uma correção: não é uma diferença de "apenas" R$ 3 bilhões.

Esse "errinho" de 1% na estimativa PIB (real 5,8; Tarso 6,8), na verdade representa um aumento de 17,24% no valor, ou seja, uns R$ 53 BILHÕES.

Alfredo disse...

Só uma correção: não é uma diferença de "apenas" R$ 3 bilhões.

Esse "errinho" de 1% na estimativa PIB (real 5,8; Tarso 6,8), na verdade representa um aumento de 17,24% no valor, ou seja, uns R$ 53 BILHÕES.

Anônimo disse...

Isso demostra que a FEE é independente, o governador fez uma previsão e os técnicos deram os números corretos. Se os números batessem, conforme os apresentados pelo Governador o editor e & afins estariam garganteando que os núumeros foram escamoteados.

Anônimo disse...

Editor, vamos esperar, mas vamos combinar assim, se errares o dado tu te demite da internet, se a Zero Hora errar tu pedes a cabeça do jornalista? Que tal? Tu sabes muito bem que isso é divertido, né? Pena não estamos mais no regime militar, coisa boa aquela época, não existia corrupção, era bem mais fácil inventar, manipular, sumir com quem a gente não gostava...Que saudades!!!

Anônimo disse...

A RBS não muda mesmo heim! Sempre inventando matéria à favor dos vigaristas PeTralhas!

FAÇANHA"Integralista" disse...

Gente estúpida esses jornalistas.
O que o PIB do rio grande tem a ver com o Governador? Se não atrapalhar os empresários, empreendedores e os demais que trabalham, já está muito bom.
Os "governantes" tem a mania de chamar a si, às suas administrações quase sempre fracassadas, as realizações da sociedade.
O Presídio Central está feio de se ver, uma espelunca; a Biblioteca Municipal está fechada ha já sete anos, e o secretário Luis Antonio A.B. e Silva só se preocupa com a sinfoneta de Porto Alegre, enquanto os livros, apenas alguns, estão amontoados na Casa Mario Quintana.
RESUMINDO: O ESTADO DESCURA DAS SUAS FUNÇÕES PRÓPRIAS, MAS O GOVERNANTE TENTA ROUBAR OS FEITOS DAQUELES QUE, APESAR DA CANGA DOS IMPOSTOS, PRODUZEM PARA A SOCIEDADE.
E ainda vêm esses imbecis do MOVIMENTO PASSE LIVRE, querendo ESTATIZAR o transporte coletivo;
essa gente só pode estar tomando chá de cogumelo.

Anônimo disse...

Agradeçam ao Agronegócio!