Gaúchos comprarão 2% mais e pagarão 3,3% mais caro nesta Páscoa. São números deflacionados.

A ocorrência da Páscoa em um período de clima mais frio, favorável ao consumo de chocolate, será decisiva para que o setor supermercadista gaúcho na Páscoa de 2014 consiga um crescimento real das vendas igual a 2% reais em relação ao ano passado. 

. Em seguida, os números são todos não deflacionados. 

. Em média, os itens para a Páscoa estarão 8,9% mais caros que em 2013 . Os ovos de Páscoa em geral (+12,4%), a carne para churrasco (+8,8%) e as caixas de bombom (+7,6%) são os principais responsáveis pela alta. Por outro lado, o bacalhau (+1,3%), as azeitonas (+2,1%) e a colomba pascal (+2,5%)foram os produtos que menos variaram de preço.

. Os dados foram tabulados em cima de pesquisa divulgada nesta quinta-feira  pelo presidente da Agas, Antônio Cesa Longo

. As temperaturas mais amenas, a ocorrência da Páscoa na terceira semana de abril é favorável ao comércio por se distanciar do começo do ano, quando o orçamento das famílias está mais comprometido com o pagamento de impostos e volta às aulas. “A indústria está apostando em lançamentos e em ovos menores, com foco na classe C. Outro nicho em destaque é o de ovos premium, adquiridos majoritariamente para presentear, que já representam cerca de 15% do total das vendas de Páscoa”, destaca o dirigente da Agas. Ao todo, os supermercados do RS vão comercializar 9 milhões de ovos de chocolate, que vão alavancar um faturamento de R$ 96 milhões para o setor – 10,9% deles produzidos pela indústria gaúcha.

. 89,7% dos gaúchos elegem os supermercados como local principal ou alternativo de compras para a Páscoa. 

. Eis as fatias, em porcentagem, relativas a formas de pagamento escolhidas pelos gaúchos para as compras de Páscoa:

Dinheiro                                                26,1%
Cartão débito                                       27,1%
Cartão crédito                                      29,5%
Cartão próprio do supermercado        9,3%
Cheque                                                   8%

Um comentário:

Mordaz disse...

Será que não vai ter protestos de "NÃO VAI HAVER PÁSCOA" pelos desmiolados de sempre?