Ufpel publica "Fora Bolsonaro" na sua própria prova de vestibular. Foi sábado.

A Ufpel (Universidade Federal de Pelotas) recrudesceu e de novo partiu para cima do presidente da República, fazendo o jogo da maioria esqueropata que domina a academia. A Ufpel está subordinada ao governo Bolsonaro e é sustentada com o dinheiro dos contribuintes brasileiros.

É da Ufpel o rumoroso ex-reitor Pedro Hallal, que continua como eminência parda da universidade.

O jogo de agora é um FORA BOLSONARO que a Ufpel introduziu nas instruções da segunda etapa do vestibular que realizou sábado com 2 mil estudantes do ensino médio.

A estratégia "criativa", mas nem um pouco esperta e até grosseira, consistiu em negritar letras ao longo das Instruções, formando a frase Fora Bolsonaro. A mensagem nem um pouco subliminar e até reconhecida nos manuais do esquerdismo como doença infantil do comunismo,  foi descoberta por pais de alunos que fizeram a denúncia. A Ufpel reconheceu que é a jogada é real e prometeu dar umas resposta dentro de 15 dias, caso não adie uma resposta para o ano que vem.

43 comentários:

Anônimo disse...

O Brasil não precisa mais de Universidade públicas, já temos universidades privadas que suprem a demanda e as universidades públicas são um antro de professores comunistas vagabundos.

Anônimo disse...

Esperar o quê da ratatulha, do rebotalho, da escória não só das universidades mas da própria espécie humana?

Doutor Beiçola disse...

Pouca vergonha. País que não tem cadeia é bem isso.

Anônimo disse...

Esperto é o Bolsonaro e sua família.

Anônimo disse...

Cadê o Ministério Público Federal e a Polícia Federal para investigarem isso? A Constituição Federal é clara quando define que os atos administrativos (e uma prova de vestibular é sim um ato administrativo) devem obedecer aos critérios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. Ora, onde está a impessoalidade em implantar em uma prova em que ataca uma pessoa pública como o presidente da república? Onde está a moralidade quando se usa recursos públicos para fins político-partidários? Onde está a publicidade quando se faz uma mensagem subliminar com letras em negrito? Tem que investigar tudo isso sim!

Anônimo disse...

Isso mostra a canalhice do autor da prova.
Mostra do que são capazes assumindo posições diretivas na educação brasileira.
Não possuem limites éticos ou morais.

Anônimo disse...

É por isso que este País está nesta situação de terceiro mundo, subdesenvolvido e sem futuro!
Pela primeira vez na história temos um Presidente honesto, que só quer o bem do povo, mas é esculachado incansavelmente pelo mal que assola esta Terra!
Muito triste mesmo!
Ainda por cima, não temos segurança eleitoral com estas famigeradas urnas inauditáveis!
Só nos resta orar muito e ter fé e confiar que após esta vida consigamos estar com Deus!
As pessoas de bem devem aceitar Jesus como seu único salvador!

Anônimo disse...

Gente inútil. Se tivessem que disputar empregos na iniciativa privada, com certeza, só estariam aptos pra limpeza de latrinas.

Anônimo disse...

Processo no lombo dos canalhas.

Carlos Alberto disse...

Canalhas. Doentes mentais infiltrados. Pobres dos alunos desses imbecis.

Anônimo disse...

PUBLICIDADE DO BEM.
Sempre que pego um ônibus urbano, vou a um caixa eletrônico, entro em uma lotérica para pagar contas, emfim, sempre que estou num ambiente onde haja assento ou balcão, largo lá uma tirinha de cartolina onde está escrito em letras garrafais: LULA LADRÃO!

Anônimo disse...

vai ter efeito oposto...

vao ter de aturar (pra eles) mais 4 anos do nosso presidente...

a infantilidade dessa gente realmente me impressiona, ou nem tanto, levando em conta suas pautas sempre inviaveis e inexequiveis...

Unknown disse...

È VERDADE QUE A Ufpel está subordinada ao governo Bolsonaro e é sustentada com o dinheiro dos contribuintes brasileiros.

Como também o Bolsonaro e sua turma de Zeros é sustentada com o dinheiro dos contribuintes brasileiros.

Taolkey?

Anônimo disse...

UNIVERSIDADE ESTATAL sempre foi uma MERDA para o País!

Anônimo disse...

São doentes,dementes e psicóticos.
Se fosse o contrário imagine a repercussão.
É preciso mudar as universidades públicas,ou melhor, as madrassas esquerdistas.

Anônimo disse...

Calma Pelotinhas.O lulinha tá voltando e vai surrupiar até o dinheiro de vocês.É isso que vocês gostam,de serem governados por quadrilheiros bandidos corruptos.

Anônimo disse...

Que absurdo!

Neste caso cabe demissão por justa causa dos envolvidos?

SCHWEIZER disse...

Essa gentalha vai sr arrepender fortemente dessa postura.
Bolsonaro 2022

Anônimo disse...

É a pouca vergonha completa. Essa universidade é pública e não pode se manifestar dessa forma contra NINGUÉM. O reitor da Universidade deve ser demitido com urgência. Esse lixo não se emenda.

Anônimo disse...

EU DIGO FORA esquerdalha LIXO.

Anônimo disse...

E caso de demissão e intervenção federal

Anônimo disse...

Infelizmente a esquerda tomou de assalto as universidades, representando hoje o que temos de mais improdutivo e retrógrado neste país. Consomem fortunas e introjetam esterco ideológico nos alunos, notadamente nas tais "humanas".

Anônimo disse...

Acho que deve ter alguma forma de punir os Dirigentes responsáveis, caso contrário é fechar essa escola infantiloide.

Anônimo disse...


que eu saiba os RECALCADOS que fazem esse tipo de questão cometem crime contra a democracia pois o Presidente da República representa um dos 03 poderes da República

Anônimo disse...

Já passou da hora de "passar o CADEADO" nesse antro de comunistas !

Anônimo disse...

O que me deixa indignado é que o governo brasileiro não tem poder nenhum nem dentro de uma universidade federal onde vagabundo desrespeita o PR na maior cara de pau. Inacreditável essa fraqueza do governo frente à idiotas imbecilizados.

Anônimo disse...

Tem que fechar essas universidades federais, antro de comunistas docentes e discentes, se o governo pagar bolsas de estudo na universidades privadas gastará muito menos e o risco de ideologização será menor, além de não haver greves. E quanto a UFPel o Ministério da Educação tem acionar a PF e buscar os responsáveis.

Anônimo disse...

Espertos, por nao se venderem as esquerdas globais.

Anônimo disse...

Bolsonaro foi vontade da maioria.

A população rejeitou as esquerdas, muito roubo e associação criminosa.

Anônimo disse...

Não há salvação, Políbio.
Enquanto a corja de brutamontes estiver encastelada nos cargos, impedindo a Reitora de trabalhar, vai ser isso aí... E o pior é que ela não quer, ou não se sente forte o bastante, para dar-lhes um pé no traseiro e mandar tudo para a Califórnia, para que se juntem ao outro que lá está.
Uma lástima.

Anônimo disse...

Como é com os Impostos que eu pago, deveria imediatamente PRIVATIZAR essa Universidade Pública. O Preparador Físico Pedro Hallal que através da política chegou a ser Reitor da UFPEL tem de responder pelo que ele prega nessa Universidade. O Presidente Jair Bolsonaro é, querendo ele ou não, o Presidente da República. Merece respeito. O PODER EMANA DO POVO! Não adianta só reclamar e ficar omisso.

Anônimo disse...

Em que se transformaram as universidades públicas - um antro de comunistas, idiotas, defensores da esquerdalha corruPTa que assaltou o Brasil e estão todos ricos, milionários, inclusive seus filhos.

Anônimo disse...

Os Alunos da UFPEL tem o Reitor que merecem! É por esse tipo de Reitor que os alunos se formam e vão atender em Salões de Beleza como cabeleireiros, Supermercados, etc. Não conseguem ser selecionados porque suas bagagens estão completamente vazias de conhecimento. Mas ostentam um diploma como formados que os envergonham em qualquer conhecimento técnico.

Anônimo disse...

O país tem que privatizar as Universidades e dar couchê para os alunos carentes!!

Anônimo disse...

Bolsonaro: "Não vou dizer que no meu governo não tem corrupção":

06.12.21 - O Antagonista

No cercadinho do Palácio da Alvorada, o presidente voltou a afirmar que não há como saber o que acontece em todos os ministérios
Bolsonaro: “Não vou dizer que no meu governo não tem corrupção”

Jair Bolsonaro (foto) voltou a admitir nesta segunda-feira (6) que pode haver corrupção em seu governo.

Unknown disse...

Não necessita fechar é tão somente vender está universidade para iniciativa privada logo fica desratizada.... Será como mostrar uma carteira de trabalho para um peteba....sai correndo.....como o diabo foge da cruz...

Anônimo disse...

Cadê o STF para discipliná-los? O Presidente Jair Bolsonaro é a autoridade máxima do Brasil. Merece o respeito de todos. E o povo ( trabaiador e desempregados) são quem, através de exorbitantes Impostos, sustenta essas Universidades Públicas. Privatiza-as Presidente, estamos cansados de sustentar “ Uma Instituição de Ensino ” que não dá retorno ao país. Somente custos.

Anônimo disse...

Educação não é para todos. Quem pode pague-a.

Anônimo disse...

Carregar um diploma Universitário em branco custa caro para o país. Privatizar as Universidades Públicas é um dever. O povo já não suporta mais carregá-las nas costas. Até porque durante os últimos 36 anos foi administrada somente pela Extrema Esquerda. Em função disso entrou em total falência. Aparecem nos últimos lugares nas Estatísticas. Vergonhoso

Anônimo disse...

Pedro Hallal que sendo Preparador Físico chegou ao mais alto posto de uma Universidade Pública é o mais revoltadinho de ter o Presidente Jair Bolsonaro como Presidente. Queria o Lula. Como era bom o tempo que jorrava sem controle o dinheiro público dos múltiplos impostos a que somos obrigados a pagar pelos Governos. As mordomias acabaram. Mais comida no prato do brasileiro.

Anônimo disse...

Só isso já seria motivo para a destituição do Reitor. Uma vergonha.

Em São Paulo, as ruas da USP estão todas pintadas de vermelho para as ciclovias que ninguém usa. Roubaram uma faixa inteira das vagas de estacionamento e circulação de veículos. Só para atrapalhar e prejudicar a circulação de veículos. Até as faixas de pedestres viraram duas faixas vermelhas. Só falta pintar no meio a estrelinha branca do PT. Agora entendemos por que o governo do PSDB nunca fez nada contra essa cupimzada vermelha da USP. E o Dória do PT, OPS!, PSDB pretende ser presidente do Brasil.

Deco disse...

Tramsferir alguns profesdores e funcionarios da UFPel, que não aceitam trabalhar de forma ordeira e republicana, para auxiliarem na segurança pública. Presidios e quarteis estão carentres.

Delcio Tonin disse...

E para completar a pilantragem anunciam que em 15 dias darão uma resposta, nem precisa de resposta.