Médicos não querem prever nova data de alta para Bolsonaro

Os médicos que atendem o presidente Jair Bolsonaro no Hospital Albert Einstein, já não se animam a prever nova data para sua alta, que deveria acontecer hoje.

O presidente deveria sair hoje do hospital, mas seu estado de saúde piorou, embora os problemas surgidos no final de semana tenham sido atacados e ele apresente reação segura.

O mais provável, segundo o Planalto (e não segundo o Einstein) é que a alta possa ocorrer na segunda-feira, 14 dias depois da internação.

4 comentários:

Anônimo disse...

Nunca é demais lembrar que essa situação só existe porque um psolista, apoiador do Lula Livre, tem no imaginário que ocorreu um Golpe, decidiu, por um ato terrorista, algo comum entre comunistas, tirar a vida do então candidato. Até agora o Psol não emitiu nota sobre um próprio ex-filiado seu atentando contra a democracia.

Anônimo disse...

Sofrimento passa o Bolsonaro, família e todos brasileiros q querem o bem para o país e vida digna para seus filhos. Enqto isso a esquerdopatia ainda fala bobagens.

Rosenara disse...

E TEM GENTE QUE ainda FALA QUE a FACADA em BOLSONARO não ACONTECEU!! Sem comentários!!

Anônimo disse...

Se não resistir, terá novas eleições???