Avianca quer vender horários nos aeroportos para pagar dívidas

No dia em que venceu o prazo dado pela Justiça para a Avianca Brasil fazer uma proposta de pagamento para as arrendadoras de aviões, a companhia aérea apresentou seu plano de recuperação judicial e conseguiu manter a posse das aeronaves até a primeira quinzena de abril.

O plano da empresa, que precisa ser aprovado em assembleia de credores, prevê a venda de seus horários de pousos e decolagens nos aeroportos (slots, no jargão do setor), segundo apurou o jornal O Estado de S. Paulo.

Um comentário:

Anônimo disse...

Essa gente não tem limites, montem uma praça de pedágio no saguão do aeroporto e cobrem pedágio dos transeuntes.