Comandante Militar do Sul espinafra jornal Zero Hora

O ato público foi realizado em Porto Alegre.

No discurso, o general Miotto espinafrou o jornal Zero Hora, tudo em função de charge racista publicada pelo jornal e que ataca a Brigada Militar.

12 comentários:

Anônimo disse...

quem é esse "cinegrafista" ai?

o sujeito merece um premio...

Anônimo disse...

Não adianta espinafrar o que não tem compostura, tem é que cobrar as dividas monstruosas daquela estrovenga.

Anônimo disse...

Muito bem exposto, parabéns ao Comandante.

Anônimo disse...

Nada como um dia após outro...a brigada colocou todo batalhão especial no entorno da zh quando o pt através dos blek bosta quebravam porto alegre...inclusive quebraram a lojas honda na esquina da Ipiranga...semana seguinte a loja fechou as portas e zero hora bem protegida....tomem nos dedos seus coroneis comunas só lamento pelo cel Ikeda ótimo profissional

Anônimo disse...

Outros humoristas também estão fazendo piada jogando as PMs contra os negros.

Deve ser uma "campanha de provocação"

Anônimo disse...

Tenho profundo desprezo por este jornaleco chamado Zero Hora...assim como qualquer coisa da RBS.

Justiniano disse...

Os tempos estão mudando e agora é bom esses comunistas vagabundos e chinelões começarem a se cuidar porque a sociedade vai vigiar e cobrar das autoridades.

ZH que se cuide porque nós não aceitaremos mais esses jornalistas militontos do lulopetismo defendendo essa bandalha comunista.

ZH mostrou ser racista e amigo dos bandidos do PT.

Anônimo disse...



Bem feito!!

Nunca mais assino essa porcaria de Zero Hora! Vão vender jornal em Cuba!

Gasparzinho disse...

A RBS aqui em SC prestou um desserviço à comunidade.
Ainda bem que faliram por aqui e puxaram a corda.
Foram tarde, corja imunda.

Unknown disse...

A melhor forma de protestar é cancelar a assinatura da ZH ou não comprar mais este jornal.

Anônimo disse...

Essa ZH é lixo como empresa jornalística. Todo apoio a briosa BM...Obs. não sou brigadiano, não tenho parente na BM e nem na polícia civil. Respeitem os policiais cambada de defensores de petralhas comunistas.

Anônimo disse...

Nem pra usar no banheiro serve esse "jornal".