Deputado Jerônimo Goergen quer investigação sobre uso da Lei Rouanet por parte de Roger Waters

O deputado Jerônimo Goergen, PP do RS, mandou dizer ao editor que pediu à PGR que investigue os repasses feitos através da Lei Rouanet à produtora T4F, responsável pela vinda de Roger Waters ao Brasil.

O fundador da banda Pink Floyd usa o palco para fazer campanha eleitoral contra Bolsonaro.

9 comentários:

Anônimo disse...

Investigar o que deputado, o dinheiro já foi embolsado e isso o Brasil já sabe, sua função é fiscalizar e impedir que isso aconteça.

Anônimo disse...

AGORA É A HORA DA VERDADE. QUEM FICAR EM CIMA DO MURO PODE PREJUDICAR O FUTURO DO BRASIL. OU É JAIR OU JÁ ERA! VOCÊ PODE ATÉ TER ALGUMA RESTRIÇÃO A BOLSONARO, MAS... PENSE NA VOLTA DO PT! É ISSO QUE VOCÊ QUER? CLARO QUE NÃO, NÃO É MESMO?! ENTÃO, 28 DE OUTUBRO: VOTE BOLSONARO 17.

Ricardo A. N. Dornelles disse...

Greta Garbo, quem diria, acabou no Irajá!
Sou da geração que, após ter feito fila nas lojas para conseguir um exemplar de "The Dark Side of the Moon" (o álbum de fundo negro com um traçado psicodélico de eletrocardiograma), pôs-se à busca dos álbuns prévios do Pink Floyd, endeusada banda de Mr. Waters para explorar os caminhos que sua música oferecia, muitos de nós a bordo do submarino amarelo ou flutuando em certas fumaças estranhas. Naqueles idos, em linguagem sonora portentosa energizada por aparelhos de altíssima decibelagem e travestido de discursos libertários, estava o ERRO velho de guerra. Abandonada pela Igreja pós-Conciliar, estava uma juventude - a primeira geração do século que não fora destinada a ser carne de canhão -desfrutando de uma prosperidade econômica e de um nível de conhecimento inéditos que alargaram o fosso intergeracional. A experiência dos pais, com isto, parecendo tão inadequada, foi desprezada. Abandonados os valores espirituais por ilusórios, àquela juventude foi colocado, como meta, o sucesso material. Uns de nós, pela angústia e pelo medo do fracasso, declararam-se derrotados de antemão, e optaram por viver no mundo fátuo do Sr. Waters, de Dani, le Rouge etc. Quanto a esse último, todos os que eram adolescentes e que sentiram o "frisson" do Maio de '68, assim como os adeptos da Teologia da Libertação devem saber que tudo o que ocorreu de "libertário" no Ocidente foi maquinado por raposas velhas que se aqueciam no Kremlin, enquanto mantinham suas próprias famílias sob rígida disciplina. Nada mais velho que o erro...

Anônimo disse...

Com certeza. O cara vende ingressos até de 2000 mil reais e ainda recebe dinheiro público para meter o bico nas eleições brasileiras ainda do lado do corrupto esquerdista. É. Édmo um absurdo. Merece investigação.

Celso B. disse...

O show aqui em Porto Alegre tem patrocinio exclusivo da RBS. Isso que Roger Waters vive falando mal de Israel. Não entendo mais nada.

Adilio Faustini disse...

Lei Rounet, uma merreca para artistas anonimos e uma fortuna para artistas consagrados e ricos, As Esquerdas Vermelhos Escarlates Bolivarianos Atrasados, tiram dos pobres e distribuem para os ricos, pregam uma coisa e fazem outra . Hipócritas.

Adilio Faustini disse...

Lei Rounet, uma merreca para artistas anonimos e uma fortuna para artistas consagrados e ricos, As Esquerdas Vermelhos Escarlates Bolivarianos Atrasados, tiram dos pobres e distribuem para os ricos, pregam uma coisa e fazem outra . Hipócritas.

elias disse...

Ricardo Dornelles. Perfeita colocação.

Anônimo disse...

Caro blogueiro, estude a Lei Rouanet para nao postar asneiras. Consulte um especialista na area de sua confianca, mas que tenha pensamento logico. Nao vale militante. Ta ficando ridiculo