Petrobrás insiste com sua desordeira política de preços

Cumprindo sua errática e irracional nova política de preços, a Petrobras vai reduzir em 0,4% o preço do diesel e aumentar em 0,9% o valor da gasolina nas refinarias a partir de quinta-feira, 10 de agosto.

É a desordem econômica institucionalizada.

14 comentários:

Anônimo disse...

DA SEÇÃO PERGUNTAR NÃO OFENDE!

Mas aquela turma que se fantasiava de verde e amarelo gritando:FORA PT! - juntamente com os batuqueiros de caçarolas, não diziam que era só tirar o PT que tudo o mais se ajeitaria?



VOCÊ QUE COLOCOU O TEMER LÁ, AGORA AGUENTE!!!!!!


CADÊ A PONTE PARA O FUTURO?


Unknown disse...

PTroubarás???

Anônimo disse...

Está na hora de privatizar este antro de incompetentes e corruptos!

Anônimo disse...

Caro Político
Parecia piada a fala recente de Pedro Parente dizendo que a Petrobrás está uma "brastemp", dando lucro extraordinário e sem corrupção. Morri de rir ao escutar esse absurdo. A quem pensa que engana??
Esther

Unknown disse...

Dois prá mim, um prá ti!!!

Anônimo disse...

Seguir o preço do mercado internacional está errado?

Anônimo disse...

Nome: Incompetência. Sobrenome: Petrobras.

Anônimo disse...

Ué, estou pagando 3,39 o litro de gasolina, em 2015 pagava mais de 3,80 .Quem era a governanta em 2015? Recordar é viver.Tenho planilhas sobre os preços de vombustiveis e o consumo do veículo.

Anônimo disse...

Preço médio do litro da gasolina será de R$ 3,70 a partir do dia 1º de dezembro 2015, diz governo.

Fonte:R7.

Anônimo disse...

O preço da soja, café, minério de ferro segue a varição do mercado internacional, o petróleo seria diferente? Jornalismo e demagogia barata não funciona.

Anônimo disse...

O traira tem de tirar $$$$$$$ de algum lugar para pagar os Parlamentares que votaram a favor dele....

Anônimo disse...

PETROBRAS nunca prestou para os brasileiros, POR NÃO TER DONO!

Anônimo disse...

Política da empresa idiota..

Anônimo disse...

Desnecessário fazer correções diárias... Poderia se semanal... Estas correções nem chegam ao consumidor , pois já houve outra correção..