Oito carros e 16 homens servem a filha de Dilma, Paula, o genro Covole e os dois netos em Porto Alegre

A presidente afastada Dilma Roussef reagiu ontem à reportagem de capa da revista Istoé e informou que a filha, o genro e os netos que tem em Porto Alegre contam com carros blindados, motoristas e seguranças, tudo pago pelo Gabinete de Segurança Institucional, por questões estritas de segurança.

A alegação de Dilma baseia-se no inciso VII do Art. 6O da Lei 10.683, 28 de maio de 2003, mas segundo a revista o referido "amparo legal" n´~ao prevbê o uso de carros oficiais para fazer o transporte da família da presidente afastada, mas apenas a escolta para segurança seria permitida, o que não inclui viagens para pet shops, cabeleireiros e pilates, como acontece, tudo a partir do condomínio Vila de Leon, zona Sul de Porto Alegre.

Há controvérsia sobre a legalidade da mordomia.

Só em junho, os carros oficiais consumiram R$ 13,6 mil em combustível.

Paula, o marido e os filhos contam com um Ford Fusion blindado com motorista e segurança no interior, mais um Ford Edge blindado com pessoal armado.

No total, são oito carros e dezesseis pessoas. Todos os carros andam com placas frias. Eles conduzem até o cachorro de pequeno porte, semelhante a um shitzu, para visitas ao Bicho Pet Store, bairro moinhos de Vento.

É um serviço VIP bancado pelos contribuintes. É tudo terceirizado. Os serviços são da prime Consultoria e Assessoria Empresarial.

7 comentários:

Anônimo disse...

Ué, segundo a teoria esquerdista armas matam. O cidadão de bem não tem esse "privilégio" de poder se defender.

Anônimo disse...

É muita mordomia para um bando de vagabundos!

É o cachorro vai da zona sul para ser tratado no Moinhos de Vento as nossas expensas! que palhaçada!

Anônimo disse...

Levam a Dilma ao pet shop pois e' lá que ela toma banho e faz a tosa.

Anônimo disse...

Caro polibio. Fala com a Dilma para emprestar um desses seguranças aqui para o bairro onde moro pois a coisa anda feia por aqui.

Anônimo disse...

Essa é a forma como o PT "ajuda" os "pobre". Pelo visto a família da anta é bem "pobrinha" mesmo. Não se escreve PilanTra e corruPTo sem PT!

Anônimo disse...

Conheci muitos e ainda conheço alguns administradores de empresas, economista e profissionais com cargos até relevantes em micro, média e até grandes empresas privadas e estatais com idade desde jovens até mais experientes com currículos menos ricos e até currículos exemplares que nunca tiveram na vida mordomia alguma. Era só trabalhar, bater ponto, dizer sim senhor ou sim senhora para chefes e funcionários para cumprir responsabilidades. Soube de alguns que até foram donos de empresas e morreram sem ter luxo. Aí do nada aparece uns abonados que ganham tudo. Saí até no noticiário nacional, estaduais ou fica só no boca a boca da rua, mas não acontece nada. Nem nota de desculpas, nem explicações, nem prestação de contas e etc. Agora me diz uma coita. Como estimular os jovens a empreender e motivar os mais velhos a voltar a trabalhar sabendo que se for pagar 1 centavo de imposto irá parar nos bolsos de algum "sortudo" e depois fica por isso mesmo. Conheço muita gente por aí que preferiu ter uma vida mais simples porem honesta vivendo com a aposentadoria que conquistou, de aluguel de imóveis próprios, poupança, profissional liberal ou alguma renda própria que dependa o mínimo possível dos outros e o máximo de si mesmo só para não se sujeitar a patrão deshumano e desgovernos ladrões. E outra, essa turma só vive no luxo assim por que uma parcela de quem deveria investigar, punir ou fiscalizar também faz o mesmo. Tanto no judiciário, na imprensa, sindicatos e etc. Fingem que não vê nada para não perder o mesmo. Aí a parcela da população que vai morrer sem nunca ter uma vida assim, paga a conta de tudo por que é obrigada se não é presa alegando "sonegação". Sonegar é crime, mas roubar também é. Porém só pegam os sonegadores, quem rouba morre impune e ainda deixam prejuízo. E quando pegam algum peixe grande, é depois de algumas décadas onde o mesmo já aproveitou a vida e vai pego já no fim da vida. Isso não é justiça, é aposentadoria. Pior é que alguns ainda ganham "prisão domicilar" como o Maluf, Lalau e outros mais.

Pega "justiça".

Anônimo disse...

Quando eu vejo notícias assim eu só me lembro das cenas quando qualquer um vai pegar transporte público e até privado em qualquer grande, média e até em algumas pequenas cidades. Ir por conta própria de metrô, ônibus, carro, moto pegando superlotação ou congestionamento, perdendo tempo de vida, saúde e recursos financeiros. Isso em cidades onde vem infraestrutura pronta e as já prontas com manutenção decente. Só andar por qualquer capital ou cidades polos dos interiores quem vive sabe o que é ir e vir de qualquer lugar para qualquer lugar em qualquer horário com segurança e conforto minimamente decente. No Rio de Janeiro já perdi a conta de quantas notícias de caos no sistema metroviário, quantas greves já teve no metrô de São Paulo. A quantidade de promessas de melhoria, expansão e etc que só aparecem 10, 20 ou 30 anos depois onde terminam fazendo 1/3 do projeto inicial. Como são as obras dos metrôs nas capitais do nordeste como Fortaleza, Recife e Salvador. Começaram a inauguram 1/3 das linhas principais depois de 30 anos dos primeiros projetos anunciados e das primeiras obras iniciadas. Quem passou por tudo isso para tentar resolver a vida, uns conseguiram outros não, lê notícia que alguns "mais iguais" tem vida de luxo e mordomia em cargos públicos e só precisaram fazer alguns debates na TV, fazer propaganda, "ganhar" uma eleição e assumir qualquer cargo, ficar 4 ou 8 anos e pronto. Ganha aposentadoria para a vida inteira? E quem passou 10, 20, 30, 40, 50 anos fazendo de tudo, paga caro por tudo e depois ai no INSS da vida ou Receita Federal e só toma na cara.

Depois quando aparece um "psicopata" ou "maluco" por aí fazendo algo caótico como fazer escândalo em agência de banco, em fila de espera e etc aparece na TV e tudo mais. Aí os mais loucos que fazem atentado e causa vítimas, aí aparece o tempo todo.

Só esquecem que boa parte dessa turma fez isso por que passaram a vida sendo tratadas como ninguém, só serviram como roupa em cargo público e emprego privado. E na hora de ter retorno vem com discurso de se aposentar com 70, "recursos limitados", "falta documentos", "problema na perícia" e etc. Isso para receber R$800 de escola do ESTADO.

Mas R$40 mil de salário para apadrinhado tem, outros R$40 mil para quem só fez um curso de direito em qualquer lugar depois só precisou passar em 1 prova para quem tem boa memória consegue passar e pronto. Outros R$40 mil para autoridades. Outros bilhões para mega eventos da FIFA e COI. Eita beleza.

Quem paga a conta de tudo sempre se fode, quem recebe o valor da conta no final só se dá bem. E quem não quer pagar a conta de tudo sem precisar e nem quer ficar recebendo a grana no final sem merecer, só quer viver em paz no seu lugar, faz o que? Foge? Se mata? Se esconde? Se isola do mundo? Não é a toa que tem muita gente por aí que faz isso. Cansa do mais do mesmo.