Brasil: contas públicas tem o maior rombo histórico para novembro

O setor público brasileiro registrou um deficit primário de R$ 19,567 bilhões em novembro, o pior para o mês na série histórica do Banco Central iniciada em 2001.

No acumulado do ano, o deficit ficou em R$ 39,520 bilhões, o dobro do registrado no mesmo período do ano passado, que teve saldo negativo de R$ 19,642 bilhões.

O deficit acumulado em 12 meses é o maior rombo para as contas públicas já registrado como proporção do Produto Interno Bruto (PIB).

O resultado ressalta a forte deterioração fiscal, afetada pela arrecadação em queda num ano de recessão, e com medidas de ajuste atenuadas ou emperradas no Legislativo em meio à intensa crise política.

5 comentários:

Anônimo disse...

E nossa brilhante grande imprensa ainda acredita em almoço grátis, em bolsa disso, bolsa daquilo, salário desemprego. Acabou a farra. Vamos trabalhar, esquerdalha, ou morram de fome !

Anônimo disse...

FFAA URGENTE, DEIXAR O pt NO PODER É PERDER MAIS DINHEIRO. NÃO GOVERNAM E AINDA POR CIMA ROUBAM E DEIXAM ROMBO. FORA PT!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Ou seja, em breve, mais inflação !
A Dilma vai atingir a meta, destruir a economia do Brasil.

Anônimo disse...

Dilma é um rombo na democracia, na decência, na economia e no estado de direito pleno com instituições não aparelhadas.

Anônimo disse...

Alguem conhece um que se considera da esquerda que já administrou alguma coisa privada com sucesso?São todos mamadores dos Governos Federal,Estadual,Municipal,Sindicatos,Ongs,Movimentos, Centrais, ou seja, mantidos pelo Estado.