Saiba por que Levy espinafrou as contas do governo Tarso e deu relevância às contas do governo Yeda

Muitos leitores que não reconhecem nada do que fez Yeda e reconhecem tudo que não fez Tarso Genro, reclamaram do conteúdo da nota que o editor postou sobre a fala do ministro Levy sobre as contas públicas durante o governo do PT.

O ministro não elogiou o empréstimo inédito conseguido pela ex-governadora no Banco Mundial, US$ 1,1 bilhão, tudo para trocar parte da dívida cara da União por dívida mais barata do Bird, algo jamais tentado antes e nem depois da administração tucana.

Sobre o caso, o editor replica a seguir trecho do livro "O RS tem saída ?", de Darcy F.C. dos Santos, que explica melhor o que aconteceu e os ganhos obtidos pelo governo estadual:

3.4. A operação do Banco Mundial e o serviço da dívida

Nos anos de 2008 e 2010 ingressaram US$ 1.100 milhões, o equivalente a R$ 1.978,8 bilhões, com o que foram pagas para a  União as dívidas especificadas na Tabela 3.9, sendo a maior delas a relativa ao Proes.

Segundo a Divisão da Dívida Estadual, entre setembro de 2008 e dezembro de 2012, foram economizados no serviço da dívida com essa operação R$ 725 milhões,  conforme Relatório Anual da Dívida Pública de 2012, p.22, item 1.5, que assim se expressa:

“Esta redução se explica em razão da economia decorrente do alongamento do prazo e da menor taxa de amortização anual, bem como do diferencial a menor das taxas de juros do novo empréstimo”.

Em 2008, quando foi  realizada a primeira parte da operação com o BIRD, a taxa Libor estava em 3,20%. Com o  spread de 0,14% mais a variação cambial de 1,8%, o custo total foi de 5,14%. Nesse ano, a variação de IGP-DI mais 6% correspondia a 17,23% (Calazans e Flores, 2009).  


5 comentários:

Anônimo disse...

Por que o Darcy não é convocado para a Secretaria da Fazenda?

Anônimo disse...

O editor tem imaginação fértil. Inventa diálogos, adivinha os pensamentos do Levy e ainda por cima acha uma maravilha o estado se endividar para pagar juros.

Anônimo disse...

Puxa, petralha patrulhador das 16:50, você está muito fraco nas suas alegações críticas; o melhor é não ter dívidas, mas entre uma com juros escorchantes e outra pagável, só os imbecis (como o defenestrado tarso) optam por criar mais dívidas, preferencialmente com as taxas mais altas.
Aliás, criar dívidas para os outros pagarem historicamente é uma especialidade da laia petista.

Anônimo disse...

o anonimo das 16:50 inventa e defende governos populares que não existem. deve ser um cczinho do tarso que ainda não caiu a ficha. acorda, petralha. acabou o governo do anão gastador e NUNCA mais o PT vai comandar o RS. caiu a mascara do engodo que a zero hora ajudou a vender.

Anônimo disse...

Por que o assombro com o comunista ai que acha bom pegar empréstimos? Comunistas são, além de invejosos, imcompetentes para mexer com dinheiro. É por isso que nunca ficam ricos. Ou melhor, ficam, depois de tomarem o poder e meterem a mão nos cofres públicos e nas estatais. Tudo se encaixa nessa sórdida armação. É por isso que vamos acabar com o PT, com Lula e sua corja de desgraçados e bandidos. Cadeia! Cadeia! Cadeia!!!!!!!