Ministério Público aperta o cerco sobre direções de Santas Casas no interior do RS

É alarmante o apedido do conselho diretor da Santa Casa de Rio Grande, criticando a campanha que o Ministério Público Estadual  está fazendo contra o atual presidente do hospital. A estratégia é a mesma que ocorreu em outros municípios da região sul governados pelo PT, onde promotores se aliaram aos governos municipais para derrubar direções de hospitais.

. Isso ocorreu em Canguçu, Jaguarão e São Lourenço do Sul, mas neste último caso não deu certo.

. Além do cerco político e judicial, as ações incluem a suspensão da transferência de recursos do SUS, levando os hospitais a apresentar problemas de atendimento, atrasos nos pagamentos de pessoal e má gestão. Em Canguçu, a Brigada Militar chegou a ser acionada para apoderamento do hospital.

- Muitas dificuldades financeiras dos hospitais são causadas pelo não repasse de verbas do governo federal ao estado, que deixa de repassar verbas aos hospitais. Dilma e Tarso dão o calote e o MP só vê culpa nos administradores dos hospitais, poupando os dois governantes caloteiros.

3 comentários:

Anônimo disse...

SE O MP FOR PARA CIMA DA SANTA DE CASA DE PORTO ALEGRE VAI DESCOBRIR COBRAS E LAGARTOS

Anônimo disse...

As Santas Casas sempre estiveram ao lado do PT.Estranho que agora o MP queira prejudicá-las.Esses que tu citou não tinha estrutura para realizar os serviços, tanto quanto a de Rio Grande.Está autorizada para fazer o serviço de cirurgia e não tinha o profissional. Se não tem o profissional ela que notifique a comunidade que não poderá realizar o trabalho. Não fizeram isso.Agora aguenta o repuxo.....
Isso não é nada.Espere a chegada do Gabardo,pupilo do Terra. Esses dois é que não gostam de Santas Casas e Hospitais Filantrópicos. Pobre povo.....

Cap Caverna disse...

Este problema da promotoria com diversos órgãos na cidade de Rio Grande, já tornou-se ridículo. Alguns promotores estão sempre a disposição diuturnamente para acusarem este profissional administrador da Hospital Santa Casa, com acusações do tipo, "me disseram que tu fizestes algo errado" então vou te processar. Em outra ocasião, este mesmo administrador, Sr. Rodolfo, foi acusado de improbidade administrativo, fato confirmado como inexistente e inveridico, e agora o retiraram da administração do hospital, por causas imaginárias e visivelmente por ideologias radicais deste ParTido que virou fanatismo e religião de alguns lunáticos. Pessoalmente já aconselhei ao Rodolfo, processar este promotor, por ser notório falsas acusações( pode-se desdobrar em várias) e pedir seu afastamento do cargo, e sua transferencia para outra comarca, bem longe de Rio Grande. Isso é abuso de poder e alienação profissional!Sr. Promotor, por favor use seu poder para bloquear as verbas do INSS, para pagar a Santa Casa de Rio Grande, pelos meses de pagamentos atrasados. Terminando, foi o Rodolfo que levantou o Hospital Santa Casa, que a poucos anos atrás estava a beira da falencia e hoje é um hospital referência no interior do RS.