Dilma vê inimigos externos e internos agindo contra a Petrobrás, mas ignora corruptos alimentados pelos seus governos do PT

Jornais de expressão nacional como Globo e Estado destacam o ponto mais importante do discurso de posse da presidente Dilma Rousseff, que trata da Petrobras, que segundo ela é atacada por'predadores internos e inimigos externos', sem mencionar do que está falando.

. Para ironizar a fala presidencial, que tenta isentar seu governo e o de Lula pela corrupção desvairada na estatal, Dilma tenta vender a tese dos inimigos internos e externos, como se houvesse uma campanha de caráter internacional.

. Dilma Roussef não se referiu uma só vez à Operação Lava Jato, que já derrubou ministros, enlameou suas gestões como presidente do Conselho de Administração da Petrobrás, indiciou dezenas de empreiteiros e diretores nomeados com a concordância dela e envergonha o Brasil.

. A Petrobrás está contaminada também por dentro, já que todos os envolvidos nas bandalheiras são funcionários da Petrobrás. Nenhum grupo interno de empregados toma a defesa da estatal contra a metástese em curso na sua emprfesa. Está correto o Globo, dos irmãos Marinho, o primeiro veículo a explicitar que a Lava Jato acabaria com a Petrobrás.


. Os jornais de Porto Alegre não deram destaque algum a esta fala de Dilma. 

3 comentários:

Anônimo disse...

Os incompetentes tem medo até da própria sombra.

Anônimo disse...

Discurso endereçado "apenas" aos puxa sacos, deslumbrados pela "presidenta" e aos analfabetos funcionais.

Anônimo disse...

A presidente esqueceu da doação de R$ 2 milhões para a campanha eleitoral do PT de 2010. O Petrolão a ajudou na campanha, e ela certamente nem sabe que o Palocci conseguiu isso junto ao Paulo Roberto da Costa. E Na prestação de contas certamente não constou! Só caixa dois.