Hoje vai sobrar para o PMDB no Lava Jato. O lobista do Partido deporá na PF.

A Polícia Federal interroga nesta sexta-feira o lobista Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, apontado como o principal operador do PMDB no esquema de corrupção da Petrobras. Políticos tremem em Brasília com a possibilidade de ele fornecer detalhes aos policiais sobre negociatas na estatal. De acordo com os depoimentos prestados em acordos de delação premiada pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e pelo doleiro Alberto Youssef, Baiano era o intermediário do PMDB – e colocava em prática negociatas com a diretoria Internacional da estatal. O lobista tinha proximidade com Nestor Cerveró, ex-diretor da área.

. A ligação de Baiano com Cerveró ficou clara em depoimentos do lobista Júlio Camargo, que atuava pela Toyo Setal. Camargo também fechou acordo de delação premiada com a Polícia Federal e o Ministério Público Federal. O delator disse que pagou 15 milhões de reais a Baiano, exigidos para que um fornecedor fechasse contrato de venda de duas sondas para a diretoria Internacional da Petrobras, à época comandada por Cerveró.

. Não foi a primeira menção ao lobista do PMDB nas investigações desencadeadas pela Operação Lava Jato. Baiano também aparece, em documento apreendido na investigação no escritório de Youssef, como  beneficiário de pagamentos de 1,13 milhão de reais.


. Duas empresas do lobista também tiveram ativos bloqueados. A Hawk Eyes teve 6,5 milhões de reais sequestrados e a Technis Planejamento sofreu congelamento de 2 milhões de reais. Como informou na segunda-feira a coluna Radar, de Lauro Jardim, a Petroenge Petróleo Engenharia, uma empresa de manutenção industrial que tem contratos com a petroleira e a Transpetro que totalizam cerca de 80 milhões de reais. A Hawk Eyes detém 18% da Petroenge.

4 comentários:

Anônimo disse...

CHEGOU a vez do CAPACHO mostrar as impressões digitais!

Anônimo disse...

Mesmo com importante agenda legislativa, Aécio Neves não colocou os pés no Senado Federal nesta semana. Ex-presidenciável tucano havia prometido fazer 'oposição incansável' ao governo Dilma.

Anônimo disse...

Tá sobrando pra todo mundo. Receio que o jeitinho brasileiro leve o país a não ter mais jeito, desde que todos estão implicados.
Sobra alguém honesto, que não seja petista,ou bunda-mole, e ainda por cima queira trabalhar pela salvação da Nação?

Anônimo disse...

Passarinho preso na gaiola canta melhor...