Paulo Azeredo pede direito de resposta e diz que não mentiu


DIREITO DE RESPOSTA

Paulo Azeredo avisa que não mentiu no caso das fumageiras

A bem da verdade, pela primeira vez me manifesto no seu blog para trazer os fatos que contradizem a notícia "Azeredo e Stella mentem:...". A verdade é que estive em dois momentos na Secretaria da Fazenda do Estado com o diretor de credito Grazziotin e em outro com o Secretario Ricardo Englert, buscando informações apenas das empresas do setor fumageiro que mais compensaram crédito de ICMS (na exportação) e os contratos que formalizaram tais compensações. Recebemos uma tabela, constando seis empresas, sem demonstrar os valores (por ser sigilo fiscal) mas, demonstrando a ordem decrescente das que mais compensaram, e não recebemos nenhum demonstrativo de contratos e valores correspondente as tratativas e pagamentos. No dia 04 de Junho solicitamos a mesa da Assembleia Legislativa, através de requerimento protocolado as mesmas informações. O dia 08 de junho, a Assembleia enviou regimentalmente, ao Governo do Estado que deverá constitucionalmente responder num prazo de trinta dias. Lamento que alguns comentários no seu Blog se escondem no anonimato, pois o senhor sabe que as posições que sempre tomamos assumimos as responsabilidades e assinamos em baixo. Me coloco a sua disposição e dos participantes deste espaço de comunicação para analisarmos e debatermos temas importantes intricicos a nossa função como cidadão e parlamentar da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul. Contato: 51.3210-2550 ou e-mail: pazeredo@al.rs.gov.br

3 comentários:

Tiago disse...

É impressionante a cara-de-pau desse sujeito. Faz qualquer coisa para aparecer. Só falta pendurar uma melancia no pescoço (não é à toa o apelido que lhe deram). O que estamos todos esperando é que o dito cujo explique os rolos na prestação de contas da campanha dele a prefeito de Montenegro, no ano passado.

Anônimo disse...

Sr. Paulo Azeredo

Intrínseco se escreve com se e não como ci. O senhor como Deputado deveria ter uma assessoria mais qualificada.

E a CPI do Pont e do Bohn Gass sai quando?? Espoliar os próprios funcionários e eliminar testemunhas pode! Afinal o caso Celso Daniel deixou escola.

Anônimo disse...

MELANCIA E UM BOM NEGOCIO MAS C MISTURAR POLICA FICA TUDO QUEIMADA DO SOL O ANBROSIO ESTA CERTO...