Governo não gostou das mudanças cretinas introduzidas pelo tucano relator da PEC da Previdência

O governo não gostou das mudanças apresentadas pelo relator da PEC da Previdência, o tucano Samuel Moreira.

O relatório desfigura a proposta do governo.

Neste momento, reúnem-se os ministros da Economia e da Casa Civil, Paulo Guedes e Onyx Lorenzoni.

E saem faíscas.

O problema nem é de articulação política, porque a maioria do Congresso demonstra a cada dia que passa a sua maior disposição para criar dificuldades com o intuito de obter facilidades.

O governo continuará enfrentando terríveis dificuldades com as maiorias formadas no Congresso e no STF para governar.

17 comentários:

Anônimo disse...

Mas o Temer já não fez a tão necessária reforma da previdência, e agora de novo?

E depois aprovam essa e ano que vem eles vem querer reformar de novo.

Que enganação é essa.

Anônimo disse...

é isso mesmo, vamos parar com essa falácia de articulação politica...

os caras querem só detonar o governo mesmo, simples assim...

Anônimo disse...

Se esse ônix fosse bom não estaria devendo imposto.

Anônimo disse...

Guardemos esse nome: Samuel Moreira, tucano que desnaturou a proposta! Nas eleições ele será lembrado. Que se cuide!

Anônimo disse...

A própria reforma que é cretina!!!

Anônimo disse...

O Guedes não ia cair fora se a reforma fosse desidratada? Tchau então.

Anônimo disse...

Reforma da previdência no governo Temer e agora de novo!!
kkkkkkkkkkkkkkkk
O cara além de idiota é desinformado. Credo!

Anônimo disse...

Esse eixo do mal fede, tem que ter saco para aturar esses canalhice!

Anônimo disse...

Cretinos são os privilégios de funcionários públicos e políticos que a reforma vai retirar.

Anônimo disse...

Se não fechar o Congresso e o STF não haverá as reformas eu o país precisa, esses políticos corruptos não deixarão o Presidente Bolsonaro governar e nem o STF que acha que é legislador. BRASIL ACIMA DETUDO

Anônimo disse...

Desce do disco voador, amigo. Pousa em algum aeroporto perto de casa, pode ser um aeroporto clandestino mesmo. Sua viagem interespacial terminou. Rs..

Anônimo disse...

Absurdas as modificações, aposentando professoras quase 10 anos antes do trabalhador comum da iniciativa privada, e mantendo os privilégios do funcionalismo que entrou até 2003. Já não bastava as modificações no BPC e aposentadoria rural, que também não deveriam ter sido feitas.

Gaglianone disse...

CRETINO É VOCÊ E ESSA REFORMA QUE MATA DE VEZ O TRABALHADOR, PRINCIPALMENTE ESSA TAL CAPITALIZAÇÃO QUE SÓ ATENDE A FIESP E A FEBRABAN.

Anônimo disse...

Não falei que estados e municípios não entrariam! Basta estudar a CF 1988... Como diz um conhecido presidiário: "Menas" (como diz um conhecido presidiário) "papo furado" e mais estudo, bando de analfabetos funcionais...

Anônimo disse...

Dá-lhe governadorA do RS! Onde bota a mão vira m3rd4!

Anônimo disse...

Temer não fez reforma da previdência. Foi a trabalhista.

Anônimo disse...

Vindo do PSDB só podia virar cocô...