Câmara quer derrubar decreto das armas e deixar munição apenas para bandidos. Leia, aqui, e entenda.

A CCJ aprovou também a tramitação com urgência do projeto de decreto legislativo, que pode ser apreciado pelo plenário nos próximos dias. Caso seja aprovado, ele tramitará na Câmara.

Por 15 votos a nove, a Comissão de Constituição e Justiça do Senado deu o primeiro passo para aprovar um projeto de decreto legislativo que derruba o decreto do presidente Jair Bolsonaro que ampliou as possibilidades para porte de armas.

O regulamento assinado em maio por Bolsonaro concede porte a 20 categorias profissionais e aumenta de 50 para 5 mil o número de munições que o proprietário de arma de fogo pode comprar anualmente.Permite ainda que menores de idade possam frequentar clubes de tiro acompanhados pelos pais e aumenta o calibre dos armamentos disponíveis para civis, entre outras mudanças.

23 comentários:

Alaor disse...

Quem foram os senadores que aprovaram este decreto?
É importante saber para podermos punir eles e os seus partidos nas eleições.

Anônimo disse...

🇧🇷 Bolsonaro passa por cima desses vagabundos, corruptos, parasitas e comunistas ☭ e coloca a matéria sobre posse e porte de armas para ser decidido por plebiscito pelo o povo.

arq.wilson disse...

VAMOS PRESSIONAR OS POLÍTICOS para que fiquem do lado das pessoas de bem!

Luciano disse...

Câmara ou senado, Políbio? Agora, esses ratos só fazem isso porque o governo deixa. Nosso governo está muito passivo, só leva porrada! Tem que contra-atacar!!!

Anônimo disse...

Que absurdo!

Anônimo disse...

Concordo.
Apesar que já vai ser o segundo plebiscito sobre o assunto!
O 1° foi atropelado pelo ditador petista na suposta demo.cracia Petralha!

Luiz Vargas disse...

Convoque um plebiscito para votar esta questão colocando todos os pontos que os corruptos do congre$$o nacional querem retirar.
O medo destes canalhas é que num futuro não muito distante venham a ser caçados e corridos à bala da pocilga que atualmente ocupam.

Chico Valente disse...

Inversão de valores e de lógica.
Existem políticos que consideram as pessoas como analfabetas, suspeitas, criminodas, incapazes e submissas como gado a caminho do abatedouro.
Falam e agem como se os criminosos não existissem.
Seriam como a avestruz enfiando a cabeça em um buraco enquanto os bandidos fazem a festa?

Unknown disse...

A esquerdalha e seus sabujos na CCJ no senado votaram contra o porte armas. Votaram contra o Brasil. Temos que ficar atentos e defender o direito de quem pode e quer portar sua arma. Se a corja do centrão unido com a esquerdalha, que juntos roubaram o Brasil por anos, terão resposta.

Emmanuel disse...

Isso só mostra a canalhice daqueles que, mais dia, menos dia, serão cassados e ... não poucos acabarão na cadeia, porque quem venceu, mesmo, na tarde de ontem, foram os bandidos e chefes de organizações criminosos ... com os quais os referidos elementos são muito amistosos .... demais, até!

Adilio Faustini disse...

Mais uma derrota do povo para 15 parlamentares que não respeitaram a vontade de seu povo, Referendo 63,9% a 36,1%.É por isso que tenho repetido que o Congresso não tem representado o povo brasileiro.A Inglaterra fez o plebiscito do Brexit e o Governo perdeu por 51,5% a favor do Brexit a 48,5 % e mesmo por uma margem pequena eles cumprirão a vontade do povo Inglês , essa é a diferença entre país desenvolvido e Democrático com um país subdesenvolvido moralmente e com pseuda democracia.

Adilio Faustini disse...

Ainda bem que nenhum deputado de meu Estado votou contra.Foram 15 que não respeitaram a vontade popularm referendo.Agora vai a plenário, ficaremos de olho quem está contra o povo.

Anônimo disse...

O dia que o governo mudar e fazer como o vizinho, colocando os blindados por cima da população, perseguindo e massacrando em praça pública, vão lembrar que um dia alguém quis dar o direito de se armarem para se defender, mas que negaram esse direito sem pensar nas consequências futuras.

Anônimo disse...

Vai vendo se o governo americano com todo seu exército e material bélico tem capacidade de ir contra sua população que tem arsenais em casa.

Já o brasileiro, acha que pode depor um governante corrupto com pau e pedra.

Anônimo disse...

As pessoas continuam achando o que houve na Síria foi coisa de cinema, ficção, coisas de uma mente fértil, ou intriga da oposição.
Ter uma arma em casa, não é um direito para apenas se defender da criminalidade urbana, mas também para casos extremos como invasão, terrorismo, e ditadura governamental.
As pessoas acham que se esse dia uma hora chegar, é só largar tudo e fugir para longe, mas longe onde, até ser espremido numa fronteira, e do nada aprisionado num campo de concentração?

Anônimo disse...

Estamos num país que o bandido pode ter um fuzil, que a polícia pode ter um fuzil, mas o trabalhador não.

Anônimo disse...

E os coletes, esqueceram de liberar os coletes. Eita governo desajeitado.

Anônimo disse...

Não é atoa que a humanidade está regredindo. Voltaremos aos tempos do faroeste, só que agora na versão moderna.
É o satanismo tomando conta dos corações.
Paz e amor, é para os fracos!

Anônimo disse...

Mas cadê o presidente da CCJ?O cara é delegado da PF,do partido do presidente e não foi capaz de virar o jogo?
Tamos fritos...

Anônimo disse...

Anonimo das 13:45hs, errada está a Suica que é um país subdesenvolvido e todos cidadãos tem uma arma de Grosso calibre em casa e tem um índice de criminalidade o mais alto do mundo? Certo está o Brasil que é um país altamente desenvolvido e tem seu povo desarmado E com indices de criminalidade beirando a 0 (zero) homicidios anuais por 100 mil habitantes.

Anônimo disse...

Se o cidadão NÃO pode ter arma, então SEGURANÇA/Guarda Costa de parlamentar e os próprios TAMBÉM NÃO podem. ISONOMIA. Quero ver se esses canalhas tem coragem de sair na RUA!

Anônimo disse...

Quero e exijo a garantia do meu direito de autodefesa. O direito de possuir uma arma legalmente.

Anônimo disse...

PORTE DE ARMA SIM = DENTRO DA LEI.

BRASIL = ORDEM E PROGRESSO

BOLSONARO E EQUIPE + EXÉRCITO = BRASIL LIVRE DOS COMUNISTAS.