Dica de livro - Marcelo Odebrecht, O Príncipe, biografia não autorizada

O editor está lendo e recomenda. R$ 49,00.

Capa comum: 416 páginas
Editora: Astral Cultural; Edição: 1ª (26 de junho de 2017)

A vida do presidente do grupo Odebrecht é um desfile de paradoxos. O empresário respeitável, condenado como líder de quadrilha. Amado pelos funcionários. Temido pelos políticos. Um Príncipe que se sentia como o bobo da corte da República. é o que demonstra esta biografia não autorizada.

O livro mostra que Marcelo Odebrecht é um homem de bem. Pai carinhoso, marido atencioso e uma pessoa discreta, avessa à ostentação. Deu emprego a quase 200 mil pessoas, pagou bilhões de reais em impostos e levou um dos maiores grupos empresariais do país a uma era de ouro. Marcelo Odebrecht é um homem corrupto. Montou um sistema profissional de pagamento de propinas e caixa dois para uma legião de políticos de todos os espectros ideológicos e subverteu a cultura corporativa criada pelo seu avô, a TEO, uma espécie de teologia que prega a honestidade e a transparência. Todas as afirmações feitas no trecho acima são verdadeiras.

6 comentários:

Anônimo disse...

Não está dito que o Príncipe não tinha vocação genuína para assumir os negócios da família. Sua inclinação pessoal era por outras áreas de estudo, não a engenharia. Foi meio que "forçado" a ser o condutor de algo que não era a sua escolha.

Também não está dito que a Odebrecht ficou notabilizada no mundo dos negócios por ser uma grupo cruel com seus concorrentes. Inclemente com os adversários, daquele tipo - se for preciso, elimina!

Essas duas observações eu tomei conhecimento pessoalmente.

Enfim, eles colheram o que plantaram. Ditado vulgar que se aplica a um grande potentado.

Anônimo disse...

A compra do Polo Petroquímico de Triunfo certamente não foi com métodos do pai amoroso ...

Anônimo disse...

Não discuto nenhuma das premissas. No entanto, quem não pagava (ou não paga) propina a políticos e, diga-se de passagem, a qualquer funcionário público, não consegue nenhum contrato, tem sua vida dificultada de todas as maneiras. Essa é a realidade. Marcelo se adaptou.

Anônimo disse...

literatura de quinta...

passo...

Anônimo disse...

O LIVRO FALA SE ELE JÁ VIROU ESPOSINHA DE ALGUM DETENTO?

Anônimo disse...

Marcelo Odebrecht é réu e não vítima. Usou a máquina pública a seu favor e sugou tudo o que podia do dinheiro público junto com os políticos mau caráter. Marcelo Odebrecht foi o presidente do Brasil por 14 longos anos.