Comercialização da safra recorde de soja gaúcha está em regime de stand by

A comercialização da safra recorde de 20 milhões de toneladas de soja do RS está praticamente paralisada, tudo porque o produtor, capitalizado, aposta em preços melhores por conta de mudanças de cenários político internamente e de mercado externamente.

O que já saiu ?
Antonio Sartori, diretor da Brasoja - Metade da safra.

O preço da saca, que estava em R$ 90,00 em setembro, outubro e novembro do ano passado, caiu hoje para R$ 60,00.

Os produtores gaúchos apostam:

1) A crise política ficará mais aguda e o dólar ficará mais forte, favorecendo a troca por real.
2) O verão inclemente nos EUA poderá reduzir o tamanho da safra.

A ver.

Um comentário:

Anônimo disse...

Que tristeza!
Um país depender apenas dos produtos primários...
Investimentos em pesquisa e tecnologia? Produtos com alto valor agregado? Que nada!
Continuaremos a ser plantadores de batatas...