Temer embarca à noite para reunião do Brics na Índia e visita ao Japão

O presidente Michel Temer embarca no fim da noite desta quinta-feira, para uma nova rodada de viagens internacionais pela Índia e Japão.

Na Índia, Temer vai participar da reunião de cúpula dos Brics, marcada para os dias 15 e 16. No dia 17, está programada uma reunião com o primeiro-ministro da República da Índia, Narendra Modi.

No dia 18, Temer embarca para o Japão, para a primeira visita de um chefe de Estado brasileiro àquele país em 11 anos. O presidente será recebido pelo imperador Akihito e pelo primeiro-ministro, Shinzo Abe.

Temer retorna ao Brasil no dia 20. Até lá, a Presidência será ocupada interinamente pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).


5 comentários:

Anônimo disse...

Quem é e o quer Hillary Clinton?
“A máquina de guerra e destruição de Hillary Clinton”
Aqui:
http://juliosevero.blogspot.com.br/


Anônimo disse...

Te cuida Temer. Vai que apareça um guru indiano com um cartazinho de Fora Temer lá por Calcutá? ...e segue o górpi.

Anônimo disse...

TEMER ESTÁ INDO COMO CHEFE DO BRASIL.ESTÁ LEVANDO NA BAGAGEM,O BRASIL,COISAS DO BRASIL.ELE NÃO ESTÁ LEVANDO EM SUA BAGAGEM,A VENEZUELA,CUBA,BOLÍVIA,TODA ESTA ESCUMALHA QUE DEIXAM A AMÉRICA DO SUL MAIS POBRE,ATRASADA,SUBDESENVOLVIDA,COMO FAZIA A DONA DILMA MARACUTAIA.

Anônimo disse...

Alguém avisa o trouxa, digo, analfabeto funcional que o BRICS é composto pela China, Russia, India, Africa do Sul e Brasil, criado no governo Dilma, justamente para competir com o "NAFTA" e "UNIÃO EUROPÉIA", para não serem engulidos pela Europa e pelos EUA.

Além do que, para sua informação são todos amigos da VENEZUELA,CUBA e BOLÍVIA, principalmente a China "comunista", pais mais populoso do mundo e segunda economia mundial louca para comprar insumos do Brasil, afinal tem de abastecer seus 1,5 bilhões de hab., ou seja, ou TEMER segue a cartilha do BRICS e cumpre os acordos bilaterais feito anteriormente o tá fora.

Restando ao Brasil recorrer aos EUA, onde não existe parceria e sim "concorrência", pois eles competem em tudo com o Brasil, inclusive na agricultora e na pecuária e sua população não passam de 450 milhões de hab.

Anônimo disse...

Boa viagem meu comandante, e não esquece de levar a patroa junto!