Cpers manda professores reduzirem horários de trabalho no RS

O Cpers mandou os professores trabalharem hoje com horário reduzido no RS. Na quinta-feira, eles irão a greve geral de 24 horas.

É protesto contra os constantes calotes de salários.

11 comentários:

Anônimo disse...

Se os parasitas querem diminuir o horário de trabalho é preciso diminuir o salário também.

Embora estejam recebendo parcelado, estão recebendo o salário integral.

Anônimo disse...

Minha Sugestão é que os professores parem de dar aulas.
Quem em sua maioria é ignorante e desqualificado para ensinar, corre o risco de aumentar a ignorância dos já ignorantes alunos.

Anônimo disse...

Ao colega de blog das 14:14 - O Estado não paga juros pela mora do atraso e, ainda, COBRA juros dos servidores que possuem conta no Banrisul (pois o Estado também é dono em parte do Banrisul e cobra juros sempre que o servidor utiliza o limite, mesmo que essa utilização se dê por conta do atraso no pagamento que deveria ser feito pelo próprio Estado). Sim, você não entendeu errado: O Estado atrasa o pagamento e, além de não pagar juros, RECEBE juros pelo próprio atraso que causou. Resumindo é o devedor inadimplente recebendo juros pelo atraso.
Assim, o slário é constituído de vencimentos + juros (que não são pagos). Assim, não sendo o salário corrigido por juros, pode-se dizer que não há pagamento integral tendo em vista a mora do Estado. Quero ver é, depois de três anos e meio de atrasos contínuos a quantidade de ações que ainda virão, gerando mais custo para Estado por incompetência administrativa do Sr. Secretário da Fazenda, com chancela do Sr. Governador.

Gustavo disse...

cpers manda?

Anônimo disse...

Minha sugestão é que o estado mantenha somente quem pode pagar. Demita policiais e professores até empatar a conta. Fora isto, o resto é enrolação.

Anônimo disse...

Os alunos aprenderiam mais estudando sozinhos do que sendo ensinados por esses analfabetos funcionais que fazem parte da "catxigoria".

Anônimo disse...

Enquanto desvalorizarmos a Educação, seremos um povo atrasado e sem crescimento da sociedade como um todo. O Professor é importante e " todos " devemos valorizá-lo e não destruí-lo como o que o CPERS e o governo querem. Devemos lutar por uma Educação de qualidade, pois ao contrário seremos sempre marginalizados Nacional e Internacionalmente. " MUDAR O BRASIL " é um dever de cada um de nós.

elias disse...

Eu sou contribuinte. Sou eu que pago tudo. TUDO.
Asso, solicito ajuda aos demais comentaristas: como eu faço greve para não pagar os impostos durante a paralisaçao dos gastadores dos impostos?

Anônimo disse...

Eles deveriam usar o tempo ocioso para estudar a tabuada.

Anônimo disse...

Para pregar marxismo é melhor que parem de dar aula mesmo.

Anônimo disse...

Já imaginou se fosse uma empresa privada e os trabalhadores decidissem trabalhar com horário reduzido mas exigissem o salario integral. Tava todo mundo demitido.