Bloqueios judiciais tomam R$ 7 milhões por dia do governo Sartori. São R$ 1,4 bilhão por ano.

O governo gaúcho paga R$ 7 milhões por dia por força de bloqueios judiciais. É quase tudo decorrente de precatórios de pequeno valor e medicamentos.

São R$ 140 milhões por mês ou R$ 1,7 bilhão por ano, o equivalente a um 13o salário cheio do funcionalismo estadual.

Foi o que o editor soube hoje na secretaria da Fazenda.

3 comentários:

Anônimo disse...

Nada mais justo que o SEQUESTRO dos valores devidos, tenho precatório do ano de 2003 que era para ser pago em 2004, ainda não foi pago, está em uma fila famigerada chamada de ORDEM CRONOLÓGICA, porque todos POLITICO GOVERNADORES não pagam os precatórios que é para a pessoa MORRER NA FILA. O governo que só arrecada impostos, porque nada produz, é CALOTEIRO POR NATUREZA.

Anônimo disse...

É mesmo tendo 45 bi na justiça para receber e mesmo assim o estado não cobra !

É a chamada dívida ativa que ninguém toca no assunto e fica pra debaixo do tapete !

Facinho falar no que o estado paga !

E pra receber ?

Quanto por dia ?

Qual a ferramenta para melhorar a qualidade da cobrança ?

Qual a política para o setor ?

Onde se encontram os dados ?

Quem é o responsável pela efetividade ?

Como sabem o que paga e não sabem o que recebe ?

São muitas perguntas e "nenhumas" respostas !!

Anônimo disse...

A divida não é do governo Sartori é do Estado feita ao longo dos tempos, por exemplo o reajuste concedido pelo governo Brito, PMDB de 20 % (em média) a funcionalismo que não pagou um centavo. O tiririca já conseguiu aprovar uma Lei na AL reduzindo os RPV de 40 SM para 10 SM, o que quer mais?