Diaz forja aliança de sete Partidos para disputar prefeitura de Rio Grande

O ex-deputado Claudio Diaz será lançado dia 3, candidato do PP na disputa pela prefeitura de Rio Grande, RS, numa aliança que contemplará PP, PEN, PRB, PR, PSC, Rede e Solidariedade. Diaz tenta atrair também o apoio do PMDB e do PDT.

O atual prefeito, Alexandre Lindenmayer, PT, será candidato à reeleição.,

Rio Grande, sede do Polo Naval, tem 150 mil eleitores.

6 comentários:

Anônimo disse...

E o Henrique Fontana vai fugir da raia?

Anônimo disse...

E o PSDB do tio Troca vai de que?

Anônimo disse...

O Diaz é dinâmico, competente, tem experiência e pulso firme. Tudo o que Rio Grande está precisando para sair do marasmo e decadência a que foi levado pelo atual prefeito petista e seu bando de inúteis secretários.

Anônimo disse...

O PSDB do Troca tem que apoiar o Diaz, que é o melhor capacitado.

Anônimo disse...

Faz muitos anos o PT analisou os municípios gaúchos de maior PIB,os quais seriam prioritários para seu projeto de poder e de assalto. Rio Grande entrou la lista dos tops, onde o partido mais teria oportunidades de roubar e permanecer no poder, principalmente através da fantasia do polo naval. Agora é o momento de derrubar essa bandidagem e, se possível, mandar esse prefeito petralha para casa. Ou para a cadeia.

Anônimo disse...

Espero que o PMDB se acerte com o Diaz, pois se não se acertarem vão dividir os eleitores e o PT vai ganhar.
Se houvesse segundo turno em Rio Grande seria bom vários candidatos, mas não há segundo turno.
Tomara que o PSDB não fique de birrinha com o Diaz (ex-PSDB) e apoie o candidato.
Tudo o que o PT quer é três candiatos dividindo votos: Diaz (PP), Tiaguinho (PMDB) e outro do PSDB. Aí o PT leva fácil Rio Grande, embora estejam fazendo uma administração ruim.