Dentro de dois meses encerra o prazo de validade das carroças de Porto Alegre

Dentro de dois meses, no dia 28 de setembro, carroças e carrinhos não poderão mais circular em Porto Alegre. 

A Lei das Carroças, de autoria do então vereador Sebastião Melo, atual vice-prefeito de Porto Alegre, foi aprovada em 2008 e regulamentada em 2010. Ela instituiu a redução gradativa do uso de carroças e carrinhos movidos a tração humana ou animal em Porto Alegre.

13 comentários:

Anônimo disse...

FALTA DE LIBERDADE AOS AMBULANTES. ELES FAZER RECICLAGEM E OS SOCIALISTAS ACABARAM COM O MERCADO DELES PARA TOMAREM O MERCADO DE RECICLAGEM COM SUAS EMPRESAS DA MÁFIA DO LIXO.

Anônimo disse...

AINDA BEM QUE É ANTES DE UMA POSSÍVEL GESTÃO DA LUCIANA.ESTA ESCUMALHA COME PÃO DE LÁ MAS ALIMENTAM ILUSÕES DOS MENOS FAVORECIDOS,PERMITINDO TUDO QUE É PORCARIA E O QUE NÃO PRESTA NO CONVÍVIO DAS PESSOAS E DA CIDADE.NÃO É SER CONTRA OS CARROCEIROS,MAS CONTRA A BARBÁRIE CONTRA OS CAVALOS,É DE DAR DÓ DOS ANIMAIS.

Anônimo disse...

Não terá mais táxis ?

Anônimo disse...

Carrinhos de supermercados pode ?

Anônimo disse...

Em Porto Alegre, ou nas 'ruas' de Porto Alegre ?

Anônimo disse...

Se preparem para os vereadores da esquerdalha propor mais prazo.

Anônimo disse...

Caro polibio acreditas em papai no ele. Onde estão os policiais militares os agentes de fiscalização de trânsito e a guarda municipal. Evaporaram de vez.

Anônimo disse...

Tem carroceiro cuja aposentadoria foi encaminhada justamente para largar a vida de carroceiro que continua mantendo a carroça.
Isto eu ouvi de um carroceiro cuja aposentadoria fazia parte do projeto Porto Alegre sem carroças.

Anônimo disse...


Graças à Deus vão terminar os maus tratos com um dos símbolos da tradição gaúcha. O pingo...
Não entendo quem é contra esta lei.

Anônimo disse...

Quem vai levar a pior são os cavalos que, bem ou mal, são alimentados por eles.
Vão ser abandonados pra morrer de fome.
Ou alguém acredita que exista algum projeto de proteção e acolhimento destes animais?

Anônimo disse...

Legal assim vão sacrificar todos os cavalos e o lixo deixará de ser reciclado. Com uma lei o vereador matou a natureza de duas formas diferentes.

Anônimo disse...

E agora, como vai ficar a política pública de olívio o exterminador do futuro? Aquele que nos condenou às carroças agora está sofrendo mais um golpe das direitas, um golpe frio junto com um golpe de ar, vai ficar todo esgualepado, tal qual deixou o Rio Grande!

Lourdes Sprenger disse...

A lei de retirada das carroças com inclusão social está vinculada à um programa social da Prefeitura chamado Todos somos Porto Alegre que o BNDES concedeu financiamento de 9 milhões e a Prefeitura ingressaria com mais 9 milhões para reencaminhar os carroceiros para outras atividades mais dignas. A lei é vigente e em 28 de setembro é o prazo final de circulação das carroças